sexta-feira, 11 de abril de 2008

NONÔ II - Atacante foi o autor do gol mais rápido da história do classico entre Cruzeiro e Atletico

Faleceu nesta quarta-feira, 10 de abril de 2008, o ex-ponta direita do Cruzeiro Nonô II. Ele atuou entre 1949 e 1951. Disputou 40 partidas e marcou 12 gols.

Nonô veio do Inconfidência, um time amador de Belo Horizonte, em junho de 1949. Como já havia um outro Nonô no time, um artilheiro conhecido em todo o estado, passou a ser chamado de Nonô II.

Entrou para a história do clássico Cruzeiro e Atlético ao marcar o gol mais rápido do confronto. Foi num amistoso em 22/06/1950, no estádio do Barro Preto. O Cruzeiro venceu por 2 a 0 com dois gols de Nonô II, sendo o primeiro marcado aos 7 segundos de jogo. Após a saída de bola, o meia Guerino apanhou um lançamento e tocou rápido para Nonô II, que na área, chutou de primeira com a bola batendo na trave direita antes de entrar para o gol.

Seu contrato terminou em junho de 1951 e o atacante foi para a Portuguesa Santista-SP. Também teve passagens pelo Santos, Jacarezinho-PR e Fluminense de Araguari.

Francisco de Almeida Rosa, o Nonô II, nasceu em Igarapé-MG e estava com 82 anos de idade. Ao encerrar a carreira tornou-se comerciante. Morreu devido a complicações do Mal de Alzheimer. O ex-jogador vivia em Navegantes-SC, cidade natal de sua esposa, há 39 anos. Teve quatro filhos.
Postar um comentário