quinta-feira, 23 de abril de 2009

Cruzeiro venceu mais o atletico em decisões estaduais


Por Henrique Ribeiro

Cruzeiro e Atlético decidiram 13 vezes o título de "campeão mineiro" e 3 vezes o título de “campeão de Belo Horizonte”. As 13 decisões diretas do estadual aconteceram em 1962, 1967, 1972, 1976, 1977, 1985, 1987, 1990, 1998, 2000, 2004, 2007 e 2008. O Cruzeiro venceu 8 e o Atlético 5. As três decisões do título da capital foram em 1940, 1954 e 1956. O Cruzeiro venceu em 1940 e o Atlético em 1954. Ambos foram proclamados campeões em 1956.

DECISÕES DIRETAS DO CAMPEONATO MINEIRO

Campeonato Mineiro de 1962
10/02/1963 - Cruzeiro 1 a 0 - Independência
13/02/1963 - Atlético 2 a 1 - Independência
15/02/1963 - Atlético 2 a 1 - Independência
*Cruzeiro e Atlético terminaram o Campeonato com o mesmo número de pontos e decidiram o título numa melhor de 4 pontos (cada vitória correspondia a 2 pontos). O Atlético conquistou o título com um gol marcado na prorrogação da 3ª partida.

Campeonato Mineiro de 1967
14/01/1968 - Cruzeiro 3 a 1 - Mineirão
21/01/1968 - Cruzeiro 3 a 0 - Mineirão
*Cruzeiro e Atlético terminaram o Campeonato com o mesmo número de pontos e decidiram o título numa melhor de 4 pontos (cada vitória correspondia a 2 pontos). Com duas vitórias o Cruzeiro sagrou-se campeão eliminando a 3ª partida.

Campeonato Mineiro de 1972
07/09/1972 - Cruzeiro 2 a 1 - Mineirão
*Cruzeiro e Atlético terminaram a fase final, que também teve a participação de América e Atlético Três Corações, com o mesmo número de pontos e decidiram o título em partida única.

Campeonato Mineiro de 1976
27/03/1976 - Atlético 2 a 0 - Mineirão
03/04/1976 - Atlético 2 a 0 - Mineirão
*Cruzeiro e Atlético terminaram a fase final com o mesmo número de pontos e tiveram que decidir o título em duas partidas.

Campeonato Mineiro de 1977
25/09/1977 – Atlético 1 a 0 - Mineirão
02/10/1977 - Cruzeiro 3 a 2 - Mineirão
09/10/1977 - Cruzeiro 3 a 1 - Mineirão
*O Atlético (campeão do 1º turno) decidiu o título de campeão mineiro com o Cruzeiro (campeão do 2º turno) numa melhor de 4 pontos (cada vitória correspondia a 2 pontos). O Cruzeiro conquistou o título com dois gols marcados na prorrogação da 3ª partida.

Campeonato Mineiro de 1985
08/12/1985 - Empate 0 a 0 - Mineirão
11/12/1985 - Empate 2 a 2 - Mineirão
15/12/1985 - Atlético 1 a 0 - Mineirão
*O Cruzeiro (campeão do 1º turno) decidiu o título de campeão mineiro com o Atlético (campeão do 2º turno) numa melhor de 4 pontos (cada vitória correspondia a 2 pontos). As três partidas terminaram empatadas no tempo normal. Conforme o regulamento, o Atlético ficou com o título ao vencer a 3ª partida na prorrogação.

Campeonato Mineiro de 1987
29/07/1987 – Empate 0 a 0 - Mineirão
02/08/1987 - Cruzeiro 2 a 0 - Mineirão
*O Atlético (campeão do 1º turno) decidiu o título de campeão mineiro com o Cruzeiro (campeão do 2º turno) em duas partidas.

Campeonato Mineiro de 1990
03/06/1990 - Cruzeiro 1 a 0 - Mineirão
*O Cruzeiro (campeão do 1º turno) decidiu o título de campeão mineiro com o Atlético (campeão do 2º turno) em partida única.

Campeonato Mineiro de 1998
07/06/1998 - Cruzeiro 3 a 2 - Mineirão
11/06/1998 – Empate 0 a 0 - Mineirão
*O Atlético pela melhor campanha em todas as fases jogou por dois resultados iguais na decisão em duas partidas.

Campeonato Mineiro de 2000
03/06/2000 - Atlético 2 a 1 - Mineirão
08/06/2000 – Empate 1 a 1 - Mineirão
*o Atlético classificou-se para a decisão do Campeonato como 1º colocado da fase de classificação e o Cruzeiro como 2º colocado. Assim, o Atlético recebeu um ponto de bônus nas finais (cada vitória correspondia a 3 pontos). O empate no 2º jogo jogo eliminou a necessidade de um 3º jogo e o Atlético ficou com o título.

Campeonato Mineiro de 2004
11/04/2004 - Cruzeiro 3 a 1 - Mineirão
18/04/2004 – Atlético 1 a 0 - Mineirão
*O Atlético pela melhor campanha em todas as fases jogou por dois resultados com o mesmo saldo de gols na decisão em duas partidas. O Cruzeiro venceu a 1ª partida por uma diferença de dois gols e o Atlético não conseguiu igualar o saldo, mesmo vencendo, na 2ª partida. Assim o Cruzeiro garantiu o título.

Campeonato Mineiro de 2007
29/04/2007 - Atlético 4 a 0 - Mineirão
06/05/2007 – Cruzeiro 2 a 0 - Mineirão
*O Cruzeiro pela melhor campanha em todas as fases jogou por dois resultados com o mesmo saldo de gols na decisão em duas partidas. Na 1ª partida o Atlético venceu por uma diferença de 4 gols e o Cruzeiro não conseguiu igualar o saldo mesmo vencendo a 2ª partida. Assim o Atlético garantiu o título.

Campeonato Mineiro de 2008
27/04/2008 - Cruzeiro 5 a 0 - Mineirão
04/05/2008 - Cruzeiro 1 a 0 - Mineirão
*O Cruzeiro por ter a melhor campanha jogou por dois resultados com o mesmo saldo de gols na decisão.

DECISÕES DIRETAS DO CAMPEONATO DE BELO HORIZONTE
Segundo os estatutos da Federação Mineira, o título de “campeão mineiro” deveria ser disputado entre o campeão da capital e os campeões de outros campeonatos disputados em cidades e regiões do interior.

A partir de 1934 os estatutos foram alterados e o título passou ser disputado entre o campeão de Belo Horizonte e o campeão de Juiz de Fora, que eram os campeonatos disputados de forma regular no Estado.

O desinteresse dos dirigentes da Federação Mineira, que também eram, simultaneamente, dirigentes dos clubes de Belo Horizonte, fez com que os confrontos pelo título de “campeão mineiro” fossem ignorados.

Havia desde a década de 1930 uma animosidade entre os dirigentes do futebol de Juiz de Fora e o de Belo Horizonte, devido ao descaso dos belo-horizontinos quanto ao futebol do interior. O Villa Nova, de Nova Lima-MG e o Siderúrgica, de Sabará, por exemplo, só disputavam o Campeonato de Belo Horizonte devido a uma concessão dos clubes da capital e eram obrigados a disputar as partidas em Belo Horizonte. Para transferir parte dos jogos para o interior eram obrigados a pagar cotas aos clubes de Beagá.

Com a criação do Campeonato Brasileiro em 1959, que era disputado pelos campeões estaduais, a própria Federação Mineira ignorou seus estatutos e passou a homologar os campeões da capital como “campeões mineiros” a partir de 1958.

Curiosamente, uma nova reforma nos estatutos em 1960, que criou o Campeonato da 1ª Divisão (um certame regional entre clubes do interior), previu a disputa do título estadual entre os campeões da 1ª Divisão (Regiões Metalúrgica, Centro e Triângulo Mineiro), da Divisão Especial (Zona da Mata e Mantiqueira) e da Divisão Extra (Belo Horizonte e alguns clubes do interior).

Esta cláusula, que vigorou até 1963, foi novamente ignorada pela Federação, quando foi retirada dos estatutos. O que leva a entender que tivemos em Minas, campeões proclamados, que foram os de 1958 a 1962, ou seja, “campeões de direito”, mas não de “fato”.

Anterior a 1958, ou seja, de 1915 a 1957 só tivemos campeões de cidades e regiões no Estado. A exceção foi o certame de 1933 vencido pelo Villa Nova que contou com os participantes dos dois campeonatos disputados no Estado: o de Juiz de Fora e o de Belo Horizonte. Naquele ano, ficou estabelecido pela Federação Mineira que o certame era válido pelo título de Campeão Mineiro.

Campeonato de Belo Horizonte de 1940
29/12/1940 – Cruzeiro 3 a 1 - Lourdes
05/01/1941 – Atlético 2 a 1 - Barro Preto
12/01/1941 - Cruzeiro 2 a 0 - Alameda
*o Campeonato previa três turnos, mas devido a longa paralisação provocada pela formação da Seleção Mineira, só foi disputado até a metade do 2º turno. Os clubes entraram num colapso financeiro e uma assembléia geral decidiu que o título deveria ser disputado entre os lideres Atlético e Cruzeiro numa melhor de três partidas. Com duas vitórias na série o Cruzeiro levou o título.

Campeonato de Belo Horizonte de 1954
17/04/1955 - Atlético 2 a 0 - Independência
22/04/1955 - Atlético 3 a 0 - Independência
24/04/1955 – Empate 1 a 1 - Independência
01/05/1955 - Atlético 2 a 0 - Independência
*o Atlético venceu o 1º turno levando 10 pontos extras para a decisão. O Cruzeiro conquistou o 2º e o 3º turnos levando 20 pontos. O regulamento definia que cada vitória na série decisiva valeria 5 pontos e o empate 2,5 pontos e que seria campeão a equipe que somasse 25 pontos. Com três vitórias na série o Atlético desfez a vantagem do Cruzeiro e conquistou o título.

Campeonato de Belo Horizonte de 1956
23/05/1957 – Empate 1 a 1 - Independência
26/05/1957 – Empate 0 a 0 - Independência
02/06/1957 - Atlético 1 a 0 - Independência
*O Atlético (campeão do 1º turno) disputou o título com o Cruzeiro (campeão do 2º turno) numa melhor de três partidas. O Atlético escalou o lateral esquerdo Laércio que estava inscrito irregularmente no Campeonato. O Cruzeiro entrou com um recurso pedindo os pontos do 2º jogo, já que o prazo para o 1º jogo havia se esgotado. O recurso foi aceito pelo STJD que obrigou a Federação Mineira a marcar uma 4ª partida. O Atlético recorreu sem sucesso em várias instâncias e em março de 1959 os clubes aceitaram a proposta do Conselho Nacional do Desporto em dividir o título. A briga nos tribunais provocou o rompimento de relação entre os clubes que durou um ano.

Nenhum comentário: