sexta-feira, 8 de maio de 2009

No Congresso Brasileiro de Futebol em 1955 ficou decidido que o Campeonato Brasileiro seria disputado em 1959

O Congresso Brasileiro de Futebol realizado em Belo Horizonte entre os dias 1 e 3 de setembro de 1955 foi dirigido pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Silvio Pacheco e contou com representantes de todas as federações estaduais.

O jornal estado de minas (05/09/1955) publicou a relação dos representantes das 14 federações que participaram da última reunião: Federação Mineira (Benedito Adami de Carvalho), Carioca (Gastão Soares de Moura), Fluminense (José Ramos de Freitas), Capixaba (Dilio Penedo), Paraense (Samuel Saba), Cearense (Edmar Bezerra), Piauiense (Edson Oliveira), Paranaense (José Milani), Sergipana (Ernani Oliveira), Goiana (Urbano Vilela), Rio Branco, Amapá e Acre (Pauxi Gentil Nunes), Paraibana (Cleodalto Passos).

Segundo a matéria do jornal Estado de Minas, de 5 de setembro de 1955, foram apresentados vários projetos para o Campeonato Brasileiro sendo que os de Minas Gerais e Rio Grande do Sul prevaleceram no debate. Ficou firmado que, o Campeonato seria disputado anualmente e que a sua primeira edição seria em 1959, porque o calendário trienal do futebol brasileiro 1956-1957-1958 já estava aprovado por causa da Copa do Mundo.

Isso explica o fato da Taça Brasil ter sido disputada em 1959 e que não tem nada a ver com a Libertadores que começou a ser disputada em 1960.

Um outro dado que confirma a Taça Brasil como primeiro campeonato brasileiro é que a Libertadores foi criada para ser disputada entre os campeões de cada país da América do Sul.

Portanto, todos os clubes brasileiros indicados pela CBD nos anos 1960 tiveram o título de "campeao brasileiro" homologado para participar da competição sulamericana.

Confira abaixo o jornal estado de minas de 05/09/1955 que definiu (em 1955) que a primeira Taça Brasil seria disputada em 1959:
Postar um comentário