quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Elicarlos e quase um milhão e meio jogados no ralo

O volante Elicarlos (foto acima) foi mais um dos desatinos financeiros cometidos pela administração Perrella nos últimos anos a frente do Cruzeiro. Em meados de 2007, quando o jogador atuava pelo Náutico, os Perrellas torraram R$ 1,4 milhão por 90% dos direitos econômicos do jogador. Ele tinha vínculo com o Porto de Caruaru-PE.

Ele se apresentou ao clube somente em 2008 e permaneceu no plantel por duas temporadas e meia sem conseguir se firmar. Foram 92 partidas sendo que a maioria delas entrou no decorrer dos jogos. Começou 44 delas como titular sendo substituído em quase todas. Marcou dois gols.

O treinador Adilson o utilizava como volante ou ala direita e, como era tecnicamente fraco, se limitava a marcação e a destruição das jogadas adversárias. Em setembro de 2010 foi emprestado sem custos ao Atlético Goianiense. No início deste ano, mesmo ainda tendo dois anos a cumprir de contrato, foi dispensado pela diretoria.

O jogador "de quase um milhão e meio de reais" acertou sua volta ao Náutico e disputa a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. E depois os Perrellas dizem que não cometem loucuras com o dinheiro do Clube
Postar um comentário