terça-feira, 11 de outubro de 2011

Fábio melhora o desempenho em bolas paradas. Pegador de pênaltis?

Fábio rebateu com os pés a cobrança de pênalti do lateral esquerdo Juan (camisa 6) do Flamengo, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro de 2009

Fábio é reconhecido como um dos melhores goleiros do país na atualidade e digno substituto dos maiores donos da camisa um da história do Cruzeiro, como Geraldo I e Geraldo II, que marcaram época antes da inauguração do Mineirão, e Dida e Raul, que brilharam no Gigante da Pampulha. Para se igualar aos ídolos do passado, faltava ao capitão cruzeirense se afirmar como pegador de pênaltis. Curiosamente, ele passou a se destacar neste fundamento após seu pior momento no clube.

No jogo de ida da decisão do Campeonato Mineiro de 2007, o atacante Vanderlei fechou a goleada de 4 a 0 do Atlético, marcando um gol que entrou para a história do futebol. No lance, Fábio estava de costas, indo em direção ao gol para buscar a bola que estava lá dentro por causa do terceiro tento, que tinha sido marcado pouco antes por Marcinho, em cobrança de pênalti. O lance inusitado e que levou o apelido de “gol retrovisor” acabou se tornando o divisor de águas da passagem de Fábio pelo Cruzeiro, pois foi a partir dele que seus números melhoraram de forma considerável.

Fábio chegou ao Cruzeiro em 2005 e logo ganhou a confiança da torcida, com atuações seguras e saídas de gol precisas. No entanto, o goleiro foi do céu ao inferno por falhar em momentos decisivos, como na semifinal da Copa do Brasil de 2005, contra o Paulista-SP, e na derrota para o Ipatinga, na decisão do Estadual do mesmo ano.

O papel de vilão veio após o “o gol retrovisor”. Após o lance, Fábio ficou afastado da equipe por 11 jogos para tratar de uma contusão no joelho. Este foi o seu maior período sem vestir a camisa um cruzeirense. Seu retorno à equipe foi em 14 de julho de 2007, antes do prazo previsto pelos médicos, na vitória por 2 a 1 sobre o Goiás, no Mineirão, pelo Brasileirão.

Com o decorrer dos jogos, Fábio passou a mostrar que o “gol retrovisor” havia marcado a sua carreira de forma positiva. Até aquela partida, o goleiro era criticado pelos gols que sofria em lances de bola parada. Em 148 jogos, ele havia levado 17 gols de falta. Dos 19 pênaltis assinalados pela arbitragem contra o Cruzeiro, defendeu apenas dois. E, na estreia cruzeirense no Estadual de 2007, contra o Rio Branco, em Andradas, chegou até a sofrer um gol olímpico do meia Chico Marcelo.

Essa história começou a partir do segundo semestre de 2007. Fábio diminuiu, consideravelmente, o índice de gols de faltas sofridos. Foram 14 em 276 partidas, desde então. Para se ter uma ideia, o goleiro tinha levado nove em 2005 e seis em 2006. No ano passado e neste, foram apenas dois.

Em 2008, Fábio pegou a cobrança de pênalti de Nilmar, na vitória por 2 a 0, sobre o Internacional, no Mineirão. Foi apenas a terceira defesa neste tipo de jogada em 28 cobranças, mas a partir desse lance, passou a se destacar nas penalidades. Em 2009, pegou três das oito, repetindo o feito em 2010. Este ano, foram duas defesas em cinco cobranças, a última delas de Luis Fabiano, do São Paulo, na última quarta-feira, na Arena do Jacaré. Agora, só resta a Fábio um título de expressão para se afirmar no seleto grupo dos grandes ídolos da camisa um do Cruzeiro.

2005

GOLS DE PÊNALTI SOFRIDOS
10/02/2005 - IPATINGA 1 X 2 CRUZEIRO - Marinho
01/05/2005 - CRUZEIRO 3 X 2 INTERNACIONAL - Fernandão
28/05/2005 - SÃO PAULO 1 X 1 CRUZEIRO - Rogério Ceni
26/06/2005 - CRUZEIRO 3 X 3 VASCO - Alex Dias
21/07/2005 - CRUZEIRO 2 X 2 CORITIBA - Rafinha
27/07/2005 - CORINTHIANS 4 X 3 CRUZEIRO - Tévez
06/08/2005 - ATLÉTICO/PR 5 X 4 CRUZEIRO - Alan Bahia
05/10/2005 - VASCO 3 X 3 CRUZEIRO - Romário
22/10/2005 - CRUZEIRO 4 X 3 PAYSANDU - Rafael Moura

PÊNALTIS DEFENDIDOS
27/11/2005 - PARANÁ 2 X 0 CRUZEIRO - cobrado por Sandro

GOLS DE FALTA SOFRIDOS
20/02/2005 - CRUZEIRO 0 X 2 ATLÉTICO - Rodrigo Fabbri
11/05/2005 - BARAÚNAS/RN 3 X 7 CRUZEIRO - Da Silva
01/06/2005 - CRUZEIRO 3 X 2 PAULISTA - Cristian/2
10/07/2005 - ATLÉTICO 1 X 2 CRUZEIRO - Zé Antônio
16/07/2005 - PAYSANDU 1 X 2 CRUZEIRO - Éder Ceccon
24/07/2005 - CRUZEIRO 3 X 2 SANTOS - Ricardinho
17/09/2005 - PALMEIRAS 2 X 1 CRUZEIRO - Corrêa
19/10/2005 - PAYSANDU 4 X 1 CRUZEIRO - Robson

RESUMO
69 JOGOS - 90 gols sofridos (9 de pênalti + 9 de falta = 18; média de 20%)

2006

GOLS DE PÊNALTI PENALTI SOFRIDOS
12/04/2006 - VITÓRIA 2 X 1 CRUZEIRO - Azevedo
16/04/2006 - SÃO CAETANO 2 X 1 CRUZEIRO - Fabiano Gadelha
26/04/2006 - CRUZEIRO 2 X 3 FLUMINENSE - Petkovic
20/08/2006 - CRUZEIRO 2 X 2 SÃO PAULO - Rogério Ceni
02/09/2006 - JUVENTUDE 2 X 0 CRUZEIRO – Christian

PÊNALTIS DEFENDIDOS
22/02/2006 - NACIONAL/AM 2 X 5 CRUZEIRO - cobrado por Edu Marangon

GOLS DE FALTA SOFRIDOS
20/08/2006 - CRUZEIRO 2 X 2 SÃO PAULO - Rogério Ceni
05/10/2006 - CRUZEIRO 2 X 1 INTERNACIONAL - Ceará
09/11/2006 - SANTA CRUZ 4 X 1 CRUZEIRO - Júnior Maranhão/2
26/11/2006 - SÃO PAULO 2 X 0 CRUZEIRO - Rogério Ceni
03/12/2006 - CRUZEIRO 3 X 1 BOTAFOGO - Juninho

RESUMO
59 JOGOS - 57 gols sofridos (5 de pênalti + 6 de falta = total 11; média de 19%)

2007

GOLS DE PÊNALTI SOFRIDOS
04/02/2007 - VILLA NOVA 2 X 2 CRUZEIRO - Márcio Guerreiro
05/04/2007 - CRUZEIRO 2 X 1 PORTUGUESA - Tiago
29/04/2007 - ATLÉTICO 4 X 0 CRUZEIRO - Marcinho
16/08/2007 - GOIÁS 2 X 0 CRUZEIRO - Paulo Baier/2
16/09/2007 - CRUZEIRO 4 X 3 ATLÉTICO - Marinho

GOLS DE FALTA SOFRIDOS
10/02/2007 - ATLÉTICO 3 X 1 CRUZEIRO - Coelho
18/07/2007 - NÁUTICO 1 X 4 CRUZEIRO - Tales
04/11/2007 - CRUZEIRO 3 X 1 FLAMENGO - Roger
10/11/2007 - INTERNACIONAL 1 X 0 CRUZEIRO - Alex

GOL OLÍMPICO SOFRIDO
21/01/2007 - RIO BRANCO 1 X 2 CRUZEIRO - Chico Marcelo

RESUMO
49 JOGOS – 61 gols sofridos (6 de pênalti + 4 de falta + 1 olímpico = 11, média de 18%)

2008

GOLS DE PENALTI SOFRIDOS
30/01/2008 - CRUZEIRO 3 X 1 CERRO PORTEÑO/PAR - Cabrera
16/02/2008 - GUARANI 2 X 3 CRUZEIRO - Willian César
12/06/2008 - PALMEIRAS 5 X 2 CRUZEIRO - Alex Mineiro
26/07/2008 - FLUMINENSE 1 X 3 CRUZEIRO - Washington
30/07/2008 - CRUZEIRO 4 X 2 NÁUTICO - Geraldo
20/08/2008 - BOTAFOGO 1 X 0 CRUZEIRO - Lúcio Flávio
15/11/2008 - NÁUTICO 5 X 2 CRUZEIRO – Felipe

PÊNALTIS DEFENDIDOS
07/08/2008 - CRUZEIRO 2 X 0 INTERNACIONAL - cobrado por Nilmar

GOLS DE FALTA SOFRIDOS
16/04/2008 - REAL POTOSI/BOL 5 X 1 CRUZEIRO - Candia
23/07/2008 - CRUZEIRO 0 X 1 GOIAS - Iarley
28/09/2008 - SÃO PAULO 2 X 0 CRUZEIRO – Jancarlos

RESUMO
62 JOGOS – 71 gols sofridos (7 de pênalti + 3 de falta = 10; média de 14%)

2009

GOLS DE PENALTI SOFRIDOS
17/01/2009 - CRUZEIRO 4 X 2 ATLÉTICO - Diego Tardelli
15/02/2009 - ATLÉTICO 1 X 2 CRUZEIRO - Diego Tardelli
22/03/2009 - RIO BRANCO/MG 1 X 1 CRUZEIRO - Chimba
23/08/2009 - CRUZEIRO 4 X 2 NÁUTICO - Gilmar
13/09/2009 - INTERNACIONAL 2 X 3 CRUZEIRO - Alecsandro

PÊNALTIS DEFENDIDOS
21/01/2009 - NACIONAL/URU 1 X 4 CRUZEIRO - cobrado por Sergio Blanco
10/05/2009 - CRUZEIRO 2 X 0 FLAMENGO - cobrado por Juan
19/07/2009 - CRUZEIRO 1 X 2 CORINTHIANS - cobrado por Ronaldo

GOLS DE FALTA SOFRIDOS
05/04/2009 - TUPI 2 X 7 CRUZEIRO - Hugo
24/06/2009 - CRUZEIRO 3 X 1 GRÊMIO - Souza
13/09/2009 - INTERNACIONAL 2 X 3 CRUZEIRO - Andrezinho
20/09/2009 - CRUZEIRO 1 X 2 PALMEIRAS - Diego Souza

RESUMO
67 JOGOS, 77 gols sofridos (5 de pênalti + 4 de falta = 9; média de 12%)

2010

GOLS DE PENALTI SOFRIDOS
06/02/2010 - CRUZEIRO 4 X 2 VILLA NOVA - Marinho
18/09/2010 - BOTAFOGO 2 X 2 CRUZEIRO - Loco Abreu
03/11/2010 - CRUZEIRO 0 X 2 SÃO PAULO - Rogério Ceni
13/11/2010 - CORINTHIANS 1 X 0 CRUZEIRO - Ronaldo

PÊNALTIS DEFENDIDOS
13/02/2010 - CALDENSE 0 X 2 CRUZEIRO - cobrado por Thiago Pereira
26/05/2010 - CRUZEIRO 1 X 0 BOTAFOGO - cobrado por Renato Cajá
25/08/2010 - CRUZEIRO 1 X 0 CORINTHIANS - cobrado por Bruno César

GOLS DE FALTA SOFRIDOS
03/04/2010 - CRUZEIRO 2 X 2 UBERABA - Thiago Marin
25/07/2010 - CRUZEIRO 2 X 2 GRÊMIO - Jonas

RESUMO
62 JOGOS - 60 gols sofridos (4 de pênalti + 2 de falta = 6; média de 10%)

2011

GOLS DE PENALTI SOFRIDOS
12/02/2011 - ATLÉTICO 4 X 3 CRUZEIRO - Diego Tardelli
07/08/2011 - INTERNACIONAL 3 X 2 CRUZEIRO - D’Alessandro
04/06/2011 - FLUMINENSE 2 X 1 CRUZEIRO - Fred

PÊNALTIS DEFENDIDOS
02/03/2011 - TOLIMA/COL 0 X 0 CRUZEIRO - cobrado por Medina
05/10/2011 - CRUZEIRO 3 X 3 SÃO PAULO - cobrado por Luis Fabiano

GOLS DE FALTA SOFRIDOS
08/05/2011 - ATLÉTICO 2 X 1 CRUZEIRO - Mancini
07/08/2011 - INTERNACIONAL 3 X 2 CRUZEIRO - Andrezinho

RESUMO
47 JOGOS - 45 gols sofridos (3 de pênalti + 2 de falta = 5; média de 11%)

RETROSPECTO GERAL DE FÁBIO PELO CRUZEIRO
415 JOGOS - 461 gols sofridos (39 de pênalti + 30 de falta + 1 olímpico = 70; média de 15% )

Postar um comentário