segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Morreu Dalmar, autor do primeiro gol do Cruzeiro no Mineirão

Dalmar a frente do zagueiro Vavá, do atacante Tostão e do zagueiro William num treino do Cruzeiro, no Maracanã, na véspera da partida contra o Fluminense, pela semifinal do Campeonato Brasileiro de 1966. Dalmar chamou a atenção da imprensa nacional e ofuscou os titulares por ter marcado 9 gols numa partida pelo Campeonato de Aspirantes três dias antes da partida.

Morreu na madrugada de sábado, em Belo Horizonte, aos 69 anos, o ex-ponta esquerda Dalmar, autor do primeiro gol do Cruzeiro no estádio Mineirão. Reserva de Hilton Oliveira, ele fez 66 jogos e marcou 19 gols com a camisa cruzeirense. Levantou os títulos de Campeão Brasileiro de 1966 e Mineiro de 1965, 1966 e 1967 (este último como reserva), além dos estaduais da categoria de aspirantes de 1965 e 1966.

Dalmar Pinto, nasceu em Juiz de Fora, em 8 de dezembro de 1941. Filho do ex-craque Foto, que jogou no Tupi nos anos 1930, começou a carreira no Sport Juiz de Fora, onde sagrou-se campeão da Divisão Especial de 1962. Em maio do ano seguinte veio para o Cruzeiro, mas com poucas chances na equipe acabou emprestado ao Formiga-MG, em 1964.

Retornou a equipe no final de 1964 e entrou para a história ao marcar o primeiro gol do Cruzeiro no Mineirão e da primeira partida noturna do estádio, em 15 de setembro de 1965. Foi num amistoso contra o Villa Nova, que serviu de preliminar para o desafio entre a Seleção Mineira e o Santos e que marcou a inauguração do sistema de iluminação do estádio. O gol de Dalmar foi numa cobrança de pênalti, aos 22 minutos do primeiro tempo e o Cruzeiro venceu o Leão do Bonfim por 3 a 1.

Quando o Cruzeiro foi enfrentar o Fluminense, no Maracanã, pela Semifinal do Campeonato Brasileiro, no dia 23 de novembro de 1966, roubou a cena do consagrado Tostão no desembarque da delegação cruzeirense no Rio de Janeiro. É que três dias antes, Dalmar havia marcado 9 gols na goleada dos aspirantes do Cruzeiro sobre os aspirantes do Renascença, no campeonato da categoria e toda a imprensa carioca queria ver e ouvir o autor da rara façanha.

O atacante não decepcionou a expectativa que causou e deixou a sua marca na vitória por 3 a 1 sobre o tricolor carioca, que assegurou a vaga do Cruzeiro para a final. Dalmar marcou o segundo gol, aos 27 minutos, que ampliou a vantagem para 2 a 0. Saiu no segundo tempo para dar lugar a outro conterrâneo de Juiz de Fora, o ponta-de-lança, Wilson Almeida.

No entanto, Dalmar não é o maior recordista de gols do Cruzeiro em uma só partida, mesmo porque os nove gols que marcou não foram pelo time principal, mas de aspirantes. E nesta categoria outro jogador do passado, o atacante Malleta, havia marcado 14 vezes na goleada por 17 a 0 sobre o Alves Nogueira, de Sabará, em 5 de maio de 1929. O recorde de gols em uma só partida é do atacante Ninão, que marcou 10 gols, na goleada de 14 a 0, sobre o Alves Nogueira, em 17 de junho de 1928, no estádio do Barro Preto, pelo Campeonato da Cidade, pois esta marca foi conquistada numa partida entre equipes principais.

A trajetória de Dalmar com a camisa estrelada se encerrou em 25 de julho de 1967, quando foi emprestado até dezembro ao Guarani de Campinas-SP.

FICHA TÉCNICA DO PRIMEIRO GOL DO CRUZEIRO NO MINEIRÃO E DO PRIMEIRO GOL EM PARTIDA NOTURNA DO ESTÁDIO

CRUZEIRO 3 x 1 VILLA NOVA
15/09/1965 - amistoso - Mineirão (Belo Horizonte, MG)
Público: 87.701 (Cr$ 92.703.125,)
Árbitro: Joaquim “Cocó” Gonçalves
Gols: Dalmar (pênalti) 22’; João José 25’; Neto (pênalti) 89’; Batista 90’
Cruzeiro: Tonho (Valdir), Pedro Paulo (Tenório), Celton, Dilsinho, Neco, Ílton, Piazza, Antoninho, João José (Edward), Batista, Dalmar. T: Airton Moreira.
Villa Nova: Chico, Cicinão, Simões, Grilo, Eberval, Neto, Daniel, Fiel, Romeu (Taquinho), Nelsinho, Dias. T: Zezé Procópio

TODOS OS JOGOS E GOLS DE DALMAR PELO CRUZEIRO

1963
23/5 - 2 X 0 Sete - amistoso - 1 gol
26/5 - 2 X 2 Villa Nova - Amistoso
9/6 - 1 X 1 Sport-JF - Amistoso
13/6 - 0 X 0 Valério - Amistoso
19/6 - 1 X 3 Valério - Amistoso
23/6 - 0 X 1 Atlético - Amistoso
6/7 - 1 X 0 Siderúrgica - Campeonato Mineiro
14/7 - 2 X 1 Villa Nova - Campeonato Mineiro - 1 gol
21/7 - 3 X 1 Guarani-MG - Campeonato Mineiro - 1 gol
28/7 - 5 X 1 Pedro Leopoldo - Campeonato Mineiro - 1 gol
4/8 - 1 X 1 Democrata-SL - Campeonato Mineiro
11/8 - 0 X 2 Uberlândia - Campeonato Mineiro
17/8 - 2 X 0 Renascença - Campeonato Mineiro
24/8 - 2 X 1 Valério - Campeonato Mineiro
31/8 - 0 X 0 América - Campeonato Mineiro

1964
4/10 - 0 X 0 Villa Nova - Campeonato Mineiro
28/10 - 1 X 2 Itaúna - Amistoso

1965
14/2 - 4 X 0 Democrata-SL - Amistoso - 1 gol
7/3 - 2 X 0 Seleção de Barbacena - Amistoso - 1 gol
14/3 - 1 X 0 Vasco da Gama - Amistoso
21/3 - 2 X 4 Paraense-MG - Amistoso
22/4 - 1 X 0 Atlético - Amistoso
25/4 - 3 X 3 Bangu - Amistoso - 1 gol
2/5 - 2 X 3 Usipa - Amistoso
5/5 - 2 X 1 América - Amistoso - 1 gol
9/5 - 3 X 2 Atlético - Amistoso - 2 gols
16/5 - 3 X 2 Siderúrgica - Amistoso - 1 gol
20/5 - 2 X 4 Corinthians - Amistoso
5/6 - 3 X 1 Flamengo - Amistoso
8/6 - 2 X 0 Bangu - Amistoso - 1 gol
13/6 - 2 X 0 Siderúrgica - Amistoso
17/6 - 0 X 1 América - Amistoso
20/6 - 3 X 1 Atlético - Amistoso
27/6 - 2 X 1 Fluminense - Amistoso
11/7 - 2 X 1 Uberlândia - Campeonato Mineiro - 1 gol
17/7 - 0 X 0 Democrata-SL - Campeonato Mineiro
25/7 - 0 X 0 Uberaba - Campeonato Mineiro
1/8 - 2 X 0 Nacional-U - Campeonato Mineiro
5/8 - 2 X 2 Villa Nova - Campeonato Mineiro - 1 gol
14/8 - 2 X 1 América - Campeonato Mineiro
15/9 - 3 X 1 Villa Nova - Amistoso - 1 gol
26/9 - 1 X 0 Guarani-MG - Campeonato Mineiro

1966
6/3 - 2 X 3 Tupi - Amistoso
24/3 - 0 X 1 Cerro (URU) - Amistoso
27/3 - 4 X 3 América - Amistoso
29/3 - 4 X 3 Santos - Amistoso
1/5 - 7 X 0 Defelê-DF - Amistoso
3/5 - 1 X 0 Vila Nova-GO - Amistoso
26/6 - 2 X 3 Atlético - Amistoso
16/7 - 7 X 0 Formiga - Campeonato Mineiro - 1 gol
23/11 - 3 X 1 Fluminense - Campeonato Brasileiro - 1 gol
4/12 - 1 X 0 América - Campeonato Mineiro - 1 gol

1967
22/1 - 3 X 2 Palmeiras - Amistoso
1/2 - 4 X 4 são Paulo-PR - Amistoso
15/3 - 0 X 2 Flamengo - Campeonato Brasileiro
2/4 - 2 X 3 Palmeiras - Campeonato Brasileiro
9/4 - 1 X 2 Internacional - Campeonato Brasileiro
12/4 - 3 X 0 Bangu - Campeonato Brasileiro - 1 gol
19/4 - 3 X 1 Santos - Campeonato Brasileiro
23/4 - 0 X 0 Ferroviário-PR - Campeonato Brasileiro
27/4 - 4 X 1 Universitário (PER) - Taça Libertadores
30/4 - 0 X 2 São Paulo - Campeonato Brasileiro
7/5 - 0 X 1 Grêmio - Campeonato Brasileiro
10/5 - 3 X 1 Sport Boys (PER) - Taça Libertadores
14/5 - 2 X 1 Botafogo - Campeonato Brasileiro
31/5 - 2 X 1 Seleção de Juiz de Fora - Amistoso

twitter: @henriqueribe

Nenhum comentário: