segunda-feira, 23 de abril de 2012

AGENDA HISTÓRICA

Foto: site superesportes
O meia Wagner marca o quinto gol do Cruzeiro e fecha a goleada por 5 a 0
sobre o Atletico no dia 27 de abril de 2008. 

Por Henrique Ribeiro

23/04/1969 - o zagueiro Ditão é vítima de um dos maiores casos de racismo da década de 1960, em Belo Horizonte, que causaria grande repercussão na mídia nacional. O atleta levou cinco tiros do vigilante José Vasconcelos Machado, que não aceitava o namoro do jogador com a sua filha Aracy, de 18 anos. A garota havia interrompido o seu noivado com o ex-jogador do América, Valter Balbino, que havia se transferido para o Bahia, por causa de Ditão. Desde o princípio os pais da moça não aprovaram o namoro. Quando o jogador foi visitar os pais da garota para pedi-la em casamento levou cinco tiros do rondante que justificou a agressão dizendo que "não queria um negro na família". Durante semanas, artistas, jornalistas e intelectuais saíram em defesa do jogador e abordaram o assunto do racismo nos jornais e promoveram uma longa séria de debates durante o período.

24/04/1946 - o atacate Abelardo faz a sua estreia na equipe profissional do Cruzeiro na goleada por 3 a 0 sobre o Metalusina, num amistoso disputado no Barro Preto. Ele ganharia a titularidade no ano seguinte e se notabilizaria pelas entradas rápidas na área para concluir as jogadas em gol, que o levaria a ser chamado de "flecha azul". Foi um dos maiores atacantes do clube na década de 1940. Após ter sido negociado ao Palmeiras, retornou ao clube duas vezes, em 1951 e em 1960, já como veterano. Curiosamente, foi nesta terceira passagem que conquistou o único título pelo clube, que foi o do Campeonato Mineiro de 1959. Ao todo ele disputou 148 jogos e marcou 82 gols com a camisa cruzeirense.

25/04/1948 - o Cruzeiro vence o Torneio Início do Campeonato da Cidade ao derrotar o Atlético na final por 2 a 1 com dois gols do atacante Abelardo. Lucas descontou para o Galo. A campanha do time estrelado começou com um empate sem gols contra o Metalusina, de Barão de Cocais. O Cruzeiro se classificou porque obteve um escanteio e o Metalusina nenhum. Na semifinal eliminou o Villa Nova por 1 a 0 com um gol de Ceci. O Torneio foi disputado no estádio do Barro Preto e o Cruzeiro jogou com a seguinte formação: Geraldo II, Duque, Azevedo, Adelino, Paulo Florêncio, Ronaldo, Renato, Ceci, Abelardo, Guerino, Sabu. O técnico foi Niginho. Todas as partidas tinham tempo de 20 minutos e a final 30 minutos.

26/04/2009 - o Cruzeiro goleia o Atletico por 5 a 0 na primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro, no Mineirão, e praticamente, garante mais um título estadual em sua história.

27/04/2008 - o Cruzeiro goleia o Atlético por 5 a 0 na primeira partida da decisão do Campeonato Mineiro. Pela primeira vez uma partida de decisão do Estadual termina com uma goleada com diferença de cinco gols. Foi a primeira vez, também, que o Cruzeiro venceu o Galo com este placar.

twiter: @henriqueribe
Postar um comentário