segunda-feira, 11 de junho de 2012

AGENDA HISTORICA


Foto: Estado de Minas
O lateral direito Maicon e o meia Sandro comemoram a conquista
da Copa do Brasil de 2003 no Mineirão

Por Henrique Ribeiro

11/06/2003 - com a vitória por 3 a 1 sobre o Flamengo, no Mineirão, o Cruzeiro conquista o tetracampeonato da Copa do Brasil, tornando-se ao lado do Gremio, o maior vencedor da competição, que começou em 1989. Os gols da vitória foram marcados por Luisão, Deivid e Aristizabal. Para o Flamengo marcou Fernando Baiano. Na primeira partida da final, no Maracanã, o duelo terminou empatado em 1 a 1. Foi a segunda vez que o Cruzeiro conquistou o título da Copa do Brasil de forma invicta. Os outros jogos da campanha foram:

19/02/2003 - 4 x 2 Rio Branco-ES, em Cachoeiro-ES
26/03/2003 - 2 x 2 Corinthians-RN, em Caicó-RN
02/04/2003 - 7 x 0 Corinthians-RN, no Mineirão
23/04/2003 - 2 x 0 Vila Nova-GO, no Mineirão
30/04/2003 - 2 x 1 Vila Nova-GO, no Serra Dourada
07/05/2003 - 2 x 1 Vasco, no Mineirão
14/05/2003 - 1 x 1 Vasco, em São Januário
21/05/2003 - 3 x 2 Goiás, no Serra Dourada
28/05/2003 - 2 x 1 Goiás, no Mineirão

12/06/1951 - O goleiro Geraldo II reforma o contrato por mais quatro anos. Ele receberia Cr$ 25 mil de luvas. O goleiro estava no clube desde 1934.

13/06/1943 - O Cruzeiro derrotou o America por 2 a 1, em partida válida pelo turno do Campeonato da Cidade. Além do resultado, chamou a atenção as 70 faltas cometidas pelo Cruzeiro durante a partida e uma defesa do goleiro Geraldo II que rebateu com a cabeça uma bola chutada por Gabardinho, do America.

14/06/1972 - o Cruzeiro goleia a Seleção de Curaçao por 5 a 2 com gols de Edmar/2, Luiz Cosme, Carlinhos e Joãozinho. Zandor e Hiansen marcaram os gols do selecionado. Essa foi a única partida que o Cruzeiro disputou na ilha caribenha. O jogo foi realizado no Complexo Esportivo de Willemstad que, curiosamente, não tinha o campo gramado, mas de areia batida.

15/06/1971 - O técnico Zagallo convoca Piazza, Tostão e Dirceu Lopes para os amistosos da Seleção Brasileira contra Austria, Tchecoslovaquia e Iugoslavia.

16/06/1991 - com a vitória sobre o América, por 7 a 6, na disputa de tiros livres, o Cruzeiro levanta a Supercopa dos Campeões Mineiros. A partida que foi disputada no Independência terminou empatada sem gols no tempo normal. O Cruzeiro chegou a decisão após eliminar o Villa Nova, na semifinal, também na disputa de tiros livres, pelo placar de 4 a 3, após empate sem gols no tempo normal. O América foi para a decisão após golear o Atlético por 3 a 0.

17/06/1983 - uma pesquisa do instituto Gallup publicada pela Revista Placar aponta o Cruzeiro com a oitava maior torcida do Brasil com 5,1% da preferência, ao lado de Botafogo, Grêmio e Bahia. O Flamengo aparece com 31,9%, Corinthians 17,5%, Palmeiras e Vasco 9,3%, Santos e Atletico 7,2% e São Paulo 6,2%

twitter: @henriqueribe
facebook: http://www.facebook.com/almanaquedocruzeiro

Postar um comentário