segunda-feira, 29 de outubro de 2012

AGENDA HISTÓRICA

Foto: Jorge Gontijo/Estado de Minas
O atacante Ronaldo Fenômeno mesmo titular e artilheiro do time
passou boa parte da temporada de 1993 recebendo salário de amador

Por Henrique Ribeiro

30/10/1927 - Cruzeiro e Vasco se enfrentam pela primeira vez. O amistoso disputado no estádio do Barro Preto terminou empatado em 1 a 1. O ponta esquerda vascaíno Álvaro marcou o primeiro gol da história do confronto aos 23 minutos. O gol do empate cruzeirense foi marcado por Ninão, em cobrança de pênalti, aos 19 minutos do segundo tempo.

31/10/1983 - morre em Belo Horizonte, aos 78 anos, o ex-presidente Miguel Perrella. Ele foi mandatário do Cruzeiro entre 1933 e 1936. Participou da reunião com os dirigentes do Siderúrgica, Atlético e Villa Nova, em maio de 1933, que definiu a adoção do regime profissional no futebol mineiro.

01/11/1996 - Sem chapa de oposição Zezé Perrella é reeleito presidente do Cruzeiro por aclamação. Ele foi o primeiro mandatário a dirigir o clube por um período de três anos, após a mudança dos estatutos.

02/11/1993 - o atacante Ronaldo recebe o seu primeiro aumento de salário no Cruzeiro. Apesar de ser titular há três meses ele ainda recebia Cr$ 10 mil mensais, que era um valor inferior ao salário mínimo que era Cr$ 12 mil.

03/11/1994 - o meia Donizete Amorim é convocado para a Seleção Brasileira Sub-20 para amistosos contra a China em 24 e 27 de novembro de 1994.

04/11/2009 - o lateral esquerdo Sorin se despede do futebol, aos 33 anos, num amistoso entre o Cruzeiro e Argentinos Juniors, no Mineirão. Foi a única vez que o clube organizou uma partida festiva de despedida de um jogador no Mineirão. O Cruzeiro venceu por 2 a 1 com gols de Bernardo e Guerrón e Santibañez descontou para o Argentinos. Sorin jogou o primeiro tempo pelo Cruzeiro e os 10 primeiros minutos do segundo tempo pelo Argentinos Juniors, que foi o clube que o revelou.

twitter: @henriqueribe
www.facebook.com.br/almanaquedocruzeiro.com.br
Postar um comentário