sexta-feira, 10 de maio de 2013

De Fabbi a Adilson, os treinadores que por mais tempo comandaram o Cruzeiro


O treinador Zezé Moreira na Toca da Raposa, 
observa o treino dos goleiros Raul e Hélio. Ele dirigiu o 
Cruzeiro na campanha do título da Libertadores de 1976

Por Henrique Ribeiro

Matturio Fabbi foi o primeiro treinador da história do Cruzeiro. Antes de sua contratação era uma comissão técnica formada pelos diretores esportivos e o capitão do time que comandavam os treinos e escalavam os jogadores. Fabbi foi contratado exclusivamente para o cargo em 1928 e comandou a equipe por quatro anos consecutivos. O último treinador que permaneceu a frente do comando técnico do Cruzeiro por mais de dois anos foi o ex-zagueiro Adilson.

1) MATTURIO FABBI - 4 anos (janeiro de 1928 a janeiro de 1932)
2) BENGALA - 3 anos e 9 meses (junho de 1939 a março de 1943)
3) AIRTON MOREIRA - 3 anos e 2 meses (agosto de 1964 a outubro de 1967)
4) MATTURIO FABBI - 3 anos (agosto de 1932 a agosto de 1935)
5) ILTON CHAVES - 2 anos e 11 meses (julho de 1972 a junho de 1975)
6) ADILSON - 2 anos e 6 meses (janeiro de 2008 a junho de 2010)
7) NIGINHO - 2 anos (janeiro de 1948 a janeiro de 1950)
8) LEVIR CULPI - 1 ano e 11 meses (janeiro de 1998 a novembro de 1999)
9) NIGINHO - 1 ano e 10 meses (dezembro de 1959 a outubro de 1961)
10) ZEZÉ MOREIRA - 1 ano e 10 meses (agosto de 1975 a junho de 1977)
11) NELLO NICOLAI - 1 anos e 9 meses (agosto de 1935 a maio de 1937)
12) GERSON SANTOS - 1 ano e 8 meses (janeiro de 1969 a setembro de 1970)
13) VANDERLEI LUXEMBURGO - 1 ano e 6 meses (agosto de 2002 a fevereiro de 2004)
14) CHICO TRINDADE - 1 ano e 6 meses (agosto de 1944 a fevereiro de 1946)
15) NIGINHO - 1 ano e 5 meses (novembro de 1953 a maio de 1955)
Postar um comentário