terça-feira, 11 de junho de 2013

AGENDA HISTÓRICA

Foto: Estado de Minas
O xerifão Cris comandou a zaga cruzeirense rumo ao título brasileiro de 2003. Na foto
o zagueiro discute com Fabiano, observado de perto por Elano, Alex, Aristizabal na
partida decisiva contra o Santos, no Mineirão, em que o Cruzeiro goleou por 3 a 0 
e isolou-se na liderança do Brasileirão

Por Henrique Ribeiro

09/06/1929 - com a vitória por 3 a 1 sobre o Atlético, no estádio de Lourdes, o Cruzeiro assume a liderança isolada do turno do Campeonato da Cidade. O outro jogo da rodada entre Sport Calafate e Guarany, da Lagoinha, que deveria ter sido disputado no estádio do Barro Preto, não aconteceu porque o árbitro Arduino Pirani não compareceu. Ele foi visto no estádio de Lourdes assistindo o clássico.

11/06/1986 - morre em Belo Horizonte, aos 56 anos, o massagista Leopoldino. Mineiro de Santo Antônio do Monte, Leopoldino Silva veio do Atlético para o Cruzeiro em 1954, onde trabalhou por 32 anos com as equipes do profissional e das categorias de base.

12/06/1995 - a diretoria cruzeirense anuncia a contratação do treinador Ênio Andrade, após uma enquete inusitada promovida pelo presidente Zezé Perrella junto aos jogadores. O dirigente apresentou alguns nomes de técnicos e o de Ênio foi escolhido de forma unânime pelos atletas. Esta seria a quinta e última passagem do treinador no comando do time estrelado.

13/06/2003 - o zagueiro Cris retorna ao Cruzeiro. O seu empréstimo ao Bayer Leverkusen, da Alemanha, iria até o dia 30, mas a diretoria cruzeirense resolveu antecipar sua volta, devido a contusão de Marcelo Batatais e a provável transferência de Luisão para o Benfica.

14/06/1960 - O vice-presidente Felício Brandi inicia uma campanha para arrecadar Cr$ 1 milhão para a aquisição de um terreno na Pampulha para a construção de um centro de treinamentos e de uma concentração para o Cruzeiro.

15/06/1971 - o volante Piazza, o armador Tostão e o ponta de lança Dirceu Lopes são convocados pelo técnico Zagallo para os amistosos da Seleção Brasileira contra a Áustria e a Iugoslávia

16/06/1968 - os juniores do Cruzeiro batem o Valério por 2 a 1, no Barro Preto, pela estreia do Campeonato Mineiro. Os gols da vitória foram marcados pelos atacantes Gilberto e João Ribeiro. O time estrelado comandado pelo treinador João Crispim teve a seguinte formação: Zé Maurício, Santana, Peconick, Zé Maria e Lécio; Ananias e Toninho Almeida; Ricardo, Palhinha (João Ribeiro), Gilberto e Gilson.

Acesse:
http://www.facebook.com/almanaquedocruzeiro
Postar um comentário