sábado, 8 de junho de 2013

Um duelo de primeira divisão


Por Henrique Ribeiro

Cruzeiro e Internacional completam esta tarde, na Arena do Jacaré, o confronto de número 60 pelo Campeonato Brasileiro. Em todos eles o duelo foi sempre pela primeira divisão, pois ambos fazem parte do seleto grupo dos clubes que jamais foram rebaixados para a Série B.

O duelo pelo Brasileirão começou em 1962, pelas quartas de final da competição. O jogo foi disputado no dia 10 de outubro, no Independência, e terminou com o empate em 1 a 1. O ponta direita cruzeirense Nerival marcou o primeiro gol da história deste jogo pelo Nacional, aos 71 minutos. O colorado chegou ao empate a dois minutos do fim, com Alfeu. O internacional leva vantagem de uma vitória a mais: 22 contra 21 do Cruzeiro.

As equipes fizeram o "clássico dos anos 70" com memoráveis partidas no período, incluindo a decisão do Campeonato Brasileiro de 1975, que terminou com a vitória colorada por 1 a 0. Foi um dos jogos mais emocionantes de decisões de título no país.

Apesar do Campeonato Brasileiro ser disputado, com frequência, desde 1959, o confronto deixou de acontecer em 18 edições, devido a critérios de participação e fórmulas de disputa.

O chatíssimo zero a zero não faz parte da tradição de Cruzeiro e Inter. Este resultado se repetiu em apenas cinco vezes. A média é de 2,5 gols nest
e duelo pelo Brasileirão. Curiosamente, as goleadas foram raras, ou seja, apenas quatro. E até nos placares elásticos o duelo se equilibra. Ambos venceram, cada um, por 3 a 0 e 4 a 1.

A partida de logo mais não deve fugir as tradições deste duelo de primeira divisão. Espera-se um equilíbrio de forças e que vença o Cruzeirão.

http://www.facebook.com/almanaquedocruzeiro

Postar um comentário