sábado, 31 de agosto de 2013

agenda histórica

Foto: Correio do Povo
O zagueiro Moraes foi o titular da zaga cruzeirense na 
campanha do título da Taça Libertadores de 1976

por Henrique Ribeiro

31/08/2004 - o lateral-esquerdo Leandro é convocado para o confronto entre Brasil e Bolívia, pelas eliminatórias da Copa do Mundo e para o amistoso contra a Alemanha. Ele substituiu Gustavo Nery na relação.

01/09/1967 - torcedores cruzeirenses pagam ingressos à 20 centavos para acompanhar os treinos da equipe no estádio do Barro Preto. A renda foi revertida para o Grupo Escolar Imaculada Conceição. A diretoria azul resolveu tomar esta medida beneficente em virtude do estádio estar sempre lotado de torcedores em dias de coletivos. A cada treino a renda passou a ser doada a alguma instituição ou escola pública da capital e do interior.

02/09/1923 - pela goleada por 7 a 2 sobre o Lusitano, o Cruzeiro recebe a Taça Colônia Portuguesa. A partida serviu como preliminar de América e Vasco-RJ, no estádio do América. Os cariocas venceram o jogo principal por 2 a 1. A rodada dupla foi organizada pelo Centro da Colônia Portuguesa e a renda em benefício ao Hospital da Beneficência Portuguesa.

03/09/1997 - o Cruzeiro acerta a contratação por empréstimo do zagueiro Marcelo Djian, até o final do ano. Os direitos do jogador pertenciam ao Lyon, da França. Djian havia firmado contrato de um ano com o Goiás e feito dois amistosos pelo time esmeraldino, mas pagou R$ 35 mil referente a metade da multa rescisória para vir para o Cruzeiro.

04/09/1999 - o ex-zagueiro Moraes morre, aos 51 anos de idade, num acidente de automóvel numa estrada próxima a Botucatu-SP. Como jogador formou dupla com Darci Menezes na conquista da Taça Libertadores de 1976. Como diretor de futebol, entre 1996 e 1999, conquistou a Taça Libertadores de 1997. Ele começou sua carreira nos juvenis do time estrelado em 1966.

05/09/1965 - quatro atletas do Cruzeiro participam do amistoso inaugural do Mineirão, entre a Seleção Mineira e o River Plate: o goleiro Fábio, o armador Dirceu Lopes, o ponta direita Wilson Almeida e o atacante Tostão. Os mineiros venceram o River Plate, da Argentina, por 1 a 0. O goleiro Fábio fez a primeira defesa de pênalti da história do estádio, quando no primeiro tempo, evitou que o gol inaugural do gigante da Pampulha fosse marcado pelo argentino Sarnari.

06/09/1970 - com o empate sem gols com o Porto, de Portugal, no estádio Universitário, em Caracas, na Venezuela, o Cruzeiro conquista o Torneio Triangular de Caracas. No dia 5 de setembro, o time estrelado havia derrotado o Celta de Vigo, da Espanha, por 1 a 0. O jogo inaugural do triangular foi no dia 2 de setembro, com a vitória do Porto sobre o Celta, por 2 a 1, na decisão de tiros livres, após o empate em 1 a 1, no tempo normal.

http://www.facebook.com/almanaquedocruzeiro

Postar um comentário