segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Campeonato da Cidade 1934

Carlos Henrique

CAMPEONATO DA CIDADE 1934

Campanha do Cruzeiro
Turno
13/05 - Cruzeiro 5 x 1 Sete
20/05 - Cruzeiro 2 x 2 América (Alameda)
27/05 - Cruzeiro 2 x 2 Villa Nova (Bonfim)
03/06 - Cruzeiro 2 x 2 Atlético
10/06 - Cruzeiro 0 x 4 Siderúrgica (Praia do Ó)
17/06 - Cruzeiro 1 x 3 Retiro (Retiro Saudoso)
Returno
22/07 - Cruzeiro 2 x 3 Sete
05/08 - Cruzeiro 4 x 2 América
19/08 - Cruzeiro 3 x 2 Retiro
26/08 - Cruzeiro 0 x 2 Atlético (Lourdes)
30/09 - Cruzeiro 1 x 1 Siderúrgica
07/10 - Cruzeiro 0 x 3 Villa Nova

Classificação: 1º Villa Nova (campeão); 2º atletico; 3º Siderúrgica; 4º Cruzeiro e Retiro; 6º America; 7º Sete
Artilheiro Máximo: Alfredo (Villa Nova) 10 gols
Campeão do Campeonato de Amadores: America
Campeão do Torneio Início: Retiro

Sistema 2-3-5:
Geraldo, Jovem (Mundico) e Raul; Caieira (Souza), Álvaro, Calixto; Pantuzzo, Carlos Alberto, Zezé (Orlando), Bengala, Alcides. Técnico: Matturio Fabbi

Quem mais jogou
Alcides, Bengala, Calixto, Jovem e Pantuzzo 12
Geraldo e Zezé 11
Álvaro, Carlos Alberto e Orlando 10
Caieira e Souza 7
Mundico 6
Raul 5
China e Ferreira 3
Geraldo II e Piorra 2

Quem marcou gols
Carlos Alberto 5
Alcides e Pantuzzo 4
Bengala e Orlando 3
Zezé 2

Fórmula de disputa
Turno e returno com classificação definida no sistema de pontos corridos. Sem acesso e rebaixamento, pois não havia Série B.

Critérios de participação
Clubes profissionais filiados a AME, de BH, e inscritos no Campeonato.

Liga não oficial
A FAMA (nova nome da Liga Mineira) estava filiada a Federação Brasileira de Futebol (entidade criada para dirigir o futebol profissional) e não era reconhecida pela CBD e, consequentemente, pela FIFA.


Criada a Associação Mineira de Futebol
A Federação Brasileira de Futebol-FBF é fundada no Rio de Janeiro, em 26 de agosto de 1933, e passa a ser a entidade máxima do futebol profissional no Brasil. A entidade torna-se concorrente da Confederação Brasileira do Desporto-CBD, que ainda resistia ao profissionalismo.

As Associações Mineiras de Esportes-AME, de Belo Horizonte e de Juiz de Fora, filiam-se a FBF. Em abril de 1934, a AME de Belo Horizonte altera a sua denominação para Associação Mineira de Futebol-AMF.

Título de campeão mineiro
"Consta dos estatutos da FAMA, art. 56, que findo os campeonatos regionais, será realizado um torneio entre os campeões das entidades filiadas, para classificar-se o campeão mineiro. Sendo, porém, apenas a AMF de Belo Horizonte e a AMF de Juiz de Fora as entidades filiadas que disputam futebol, a FAMA vai promover um jogo nesta Capital entre Villa Nova e Tupynambás, provavelmente em dezembro, para ver qual dos dois deve ostentar o título de campeão de Minas” (Estado de Minas, 20/11/1934). Apenas o primeiro jogo da decisão aconteceu. Os times de Juiz de Fora deixaram a AME e a FBF e retornaram ao amadorismo voltando a se filiarem a CBD. Assim, o restante dos jogos entre Villa e Tupynambas não aconteceram e a decisão foi cancelada.
Postar um comentário