quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Campeonato da Cidade 1950

Carlos Henrique

CAMPEONATO DA CIDADE 1950

Campanha do Cruzeiro
Turno
28/05 - Cruzeiro 2 x 1 Metalusina
11/06 - Cruzeiro 2 x 1 Villa Nova (Bonfim)
30/07 - Cruzeiro 0 x 2 Cam
13/08 - Cruzeiro 1 x 1 Sete
20/08 - Cruzeiro 3 x 1 América (Alameda)
10/09 - Cruzeiro 2 x 2 Siderúrgica
Returno
07/10 - Cruzeiro 2 x 1 Villa Nova
15/10 - Cruzeiro 2 x 0 Sete (Independência)
19/10 - Cruzeiro 1 x 2 Cam (Lourdes)
29/10 - Cruzeiro 0 x 3 Siderúrgica (Praia do Ó)
05/11 - Cruzeiro 3 x 3 América
26/11 - Cruzeiro 0 x 1 Metalusina (Alencar Peixoto)

Classificação: 1º Cam (campeão); 2º Siderúrgica; 3º Cruzeiro; 4º America; 5º Villa Nova; 6º Metalusina; 7º Sete
Artilheiro Máximo: Nívio (Cam) com 13 gols
Campeão do Campeonato de Aspirantes: Paissandu
Campeão do Torneio Início: Cam
Campeão do Campeonato Amador (DFA): Santa Tereza

Fórmula de disputa:
Turno e returno. Classificação definida no sistema de pontos corridos, sem acesso e rebaixamento, pois não havia Série B.

Critérios de participação:
Clubes profissionais filiados a FMF e inscritos no Campeonato. O Sete disputou o Campeonato como agregado

Sistema 2-3-5:
Geraldo II, Duque e Bené; Adelino, Vicente e Ceci; Nonô II, Paulo Florêncio, Nonô, Guerino e Sabu. Técnico: Souza

Quem jogou:
Ceci, Guerino e Nonô II 12
Duque e Sabu 11
Bené, Nonô e Vicente 9
Adelino, Geraldo II e Paulo Florêncio 8
Bibi 5
Sinval 4
Áureo, Chiquinho e Didico 3
Bororó e Gute 2
Oldack 1

Quem marcou gols:
Guerino, Nonô e Nonô II 5
Chiquinho 2
Ceci 1

Clubes do interior tentam transferência para a Federação Paulista
A Caldense tentou se filiar a Federação Paulista. A Caldense tentou se inscrever na disputa da 2ª divisão ou no Campeonato do Interior Paulista. (Diario da Tarde, 21/11/1950 – Pág. 4); A Caldense foi seguida por outros clubes, que também pediram transferência para a Federação Paulista (Diario da Tarde, 17/03/1950). Os clubes do interior reclamavam do isolamento. Não tinham com quem jogar e sofriam com a ausência de disputas oficiais. Propuseram a criação de um campeonato do interior com o vencedor disputando o título de "campeão mineiro" contra o campeão de Belo Horizonte (Diario da Tarde, 29/03/1950). A CBD vetou o pedido da Caldense de se filiar a Federação Paulista (Diario da Tarde, 06/04/1950). Os clubes amadores do DFA queriam formar uma 2ª divisão com a participação de alguns clubes do interior próximos a capital (Diario da Tarde, 24 e 25/03/1950); No entanto, a criação da segundona fracassou (Diario da Tarde, 19/05/1950).

Campeonato paralisado
O Campeonato foi paralisado de 11 de junho a 30 de julho, por causa dos jogos da Copa do Mundo.
Postar um comentário