domingo, 6 de março de 2016

ARISTIZÁBAL

Carlos Henrique

09/12/1971 Victor Hugo Aristizábal, nasce em Medellin, na Colômbia.

15/06/1998 Como atleta do São Paulo, Aristizabal estreia no Mundial, na derrota por 1 a 0 da Seleção da Colombia para a Romenia, em Lyon, na França. O atacante havia participado do plantel colombiano que disputou o Mundial de 1994, nos Estados Unidos, mas foi reserva. Ele ainda atuaria em mais dois pela Copa do Mundo de 1998, na vitória por 1 a 0 sobre a Tunísia e na derrota por 2 a 0 para a Inglaterra.

15/01/2003 O atacante de 31 anos é anunciado como reforço para a temporada de 2003. Ele estava no Vitória, da Bahia, onde havia sido destaque no Campeonato Brasileiro de 2002, com 10 gols marcados. O jogador era dono de seus direitos federativos e alugou o seu passe ao Cruzeiro por um ano. As bases do contrato não foram reveladas.

18/01/2003 O atacante é apresentado oficialmente na Toca da Raposa. Ari estava desde o primeiro dia do ano em negociações com o atlético mineiro, mas não aceitou a proposta do rival e acertou com o Cruzeiro. “Fiquei muito bem de azul. Sempre sonhei jogar no Cruzeiro”, declarou ao vestir a camisa estrelada pela primeira vez. Na sequência o jogador deu uma declaração que mais se parecia uma previsão: “A expectativa é sempre ganhar títulos, não importa quais sejam. Quero ganhar todos, desde o Mineiro, a o Brasileiro, que é o que tem mais importância".

08/02/2003 Estreia com a camisa estrelada na vitória por 3 a 0 sobre o Villa Nova, em Nova Lima, pelo Campeonato Mineiro. O colombiano substituiu Marcelo Ramos no segundo tempo.

26/02/2003 Marca o primeiro gol com a camisa azul. Foi o quarto gol na goleada por 6 a 0 sobre o Mamoré, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro.

16/03/2003 Conquista o primeiro título pelo Cruzeiro. Após a goleada por 4 a 0 sobre a URT, em Patos de Minas, Aristizábal sagra-se campeão mineiro de 2003. Foi o autor do segundo gol da vitória estrelada.

16/04/2003 Emplaca o seu primeiro hat-trick pelo Cruzeiro. Ari marcou três gols na vitória por 4 a 3 sobre o Coritiba, no Couto Pereira, pelo turno do Campeonato Brasileiro.

03/05/2003 Com três gols marcados na goleada por 5 a 2 sobre o Atletico Paranaense, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, Ari emplaca o segundo hat-trick do ano.

11/06/2003 Conquista o segundo título pelo Cruzeiro. Com a vitória por 3 a 1 sobre o Flamengo, no Mineirão, Aristizabal sagra-se campeão da Copa do Brasil de 2003 – o segundo título invicto na temporada. Ari marcou o segundo gol da vitória na decisão. A manobra que fez com o corpo para cabecear para o gol - em posição horizontal e no ar - lembrou as cenas do filme Matrix e por isso o lance levou o nome de "gol matrix". 

20/07/2003 Marca um gol de bicicleta na goleada por 5 a 1 sobre o Paraná, no Mineirão, pelo turno do Campeonato Brasileiro.

27/07/2003 Torna-se o estrangeiro com o maior número de gols com a camisa do Cruzeiro. Ari emplaca o seu terceiro hat-trick na temporada e marca três vezes na goleada por 5 a 1 sobre o Bahia, no encerramento do turno do Campeonato Brasileiro, no Mineirão. Com 22 gols marcados o colombiano supera o atacante uruguaio Revetria, que jogou no clube entre 1977 e 1979.

22/06/2003 Marca dois gols na goleada por 3 a 0 sobre o Santos, no Mineirão, pelo returno do Campeonato Brasileiro. Os paulistas eram concorrentes diretos ao título e o jogo foi encarado como uma decisão antecipada.

30/11/2003 Conquista o terceiro título pelo Cruzeiro. Após a vitória por 2 a 1 sobre o Paysandu, no Mineirão, Aristizábal sagra-se campeão brasileiro de 2003. Este também foi o seu último jogo pelo Cruzeiro. Foram 54 jogos e 28 gols.

06/12/2003 O jogador se submete a uma cirurgia no joelho direito. Como o tempo de recuperação levaria de 15 a 20 dias, o atacante ficou de fora dos dois últimos jogos da temporada.

15/01/2004 Não renova o contrato e deixa o clube. O colombiano foi fundamental para a temporada vitoriosa em 2003. Era apontado como o líder do plantel e o principal articulador entre a comissão técnica e a direção do clube.

*Série: Jogadores do Mundial que Jogaram pelo Cruzeiro
Postar um comentário