segunda-feira, 20 de junho de 2016

Campeonato Mineiro 1982

Carlos Henrique

CAMPEONATO MINEIRO 1982

Primeira Fase
10/07 - Cruzeiro 2 x 2 Democrata-SL (Mineirão)
15/07 - Cruzeiro 2 x 1 Democrata-GV (Mineirão)
18/07 - Cruzeiro 0 x 0 Uberlândia (Parque do Sabiá)
21/07 - Cruzeiro 0 x 0 Guarani (Mineirão)
24/07 - Cruzeiro 1 x 0 Uberaba (Mineirão)
28/07 - Cruzeiro 2 x 1 Tupi (Salles de Oliveira, Juiz de Fora)
01/08 - Cruzeiro 2 x 0 Caldense (Ronaldão, Poços de Caldas)
02/09 - Cruzeiro 1 x 0 Valério (Mineirão)
05/09 - Cruzeiro 0 x 0 atlético (Mineirão)
07/09 - Cruzeiro 0 x 0 Villa Nova (Bonfim, Nova Lima)
09/09 - Cruzeiro 2 x 1 América (Mineirão)
12/09 - Cruzeiro 1 x 1 Valério (Israel Pinheiro, Itabira)
16/09 - Cruzeiro 4 x 0 Tupi (Mineirão)
19/09 - Cruzeiro 1 x 0 Villa Nova (Mineirão)
22/09 - Cruzeiro 1 x 1 Democrata (Duarte de Paiva, Sete Lagoas)
26/09 - Cruzeiro 3 x 0 Caldense (Mineirão)
30/09 - Cruzeiro 2 x 2 Uberlândia (Mineirão)
03/10 - Cruzeiro 2 x 0 Guarani (Farião, Divinópolis)
07/10 - Cruzeiro 1 x 1 Uberaba (Uberabão)
10/10 - Cruzeiro 2 x 1 América (Mineirão)
12/10 - Cruzeiro 1 x 1 Democrata (Mamudão, Gov. Valadares)
17/10 - Cruzeiro 1 x 2 C.a.m. (Mineirão)
Classificação: 1º Cruzeiro (Campeão da Taça Minas Gerais), 2º C.a.m., 3º Uberlândia, 4º Villa Nova, 5º Democrata-GV, 6º America, 7º Uberaba, 8º Guarani, 9º Democrata-SL, 10º Caldense, 11º Tupi, 12º Valerio

Fase Final                                                                           
21/10 - Cruzeiro 1 x 1 Uberaba (Mineirão)
24/10 - Cruzeiro 2 x 1 América (Mineirão)
27/10 - Cruzeiro 0 x 1 Villa Nova (Bonfim, Nova Lima)
31/10 - Cruzeiro 1 x 0 Uberlândia (Parque do Sabiá)
04/11 - Cruzeiro 0 x 0 Democrata-GV (Mineirão)
07/11 - Cruzeiro 1 x 0 atlético (Mineirão)
10/11 - Cruzeiro 2 x 0 Guarani (Mineirão)
14/11 - Cruzeiro 0 x 0 Villa Nova (Mineirão)
17/11 - Cruzeiro 0 x 0 Democrata (Mamudão, Gov. Valadares)
21/11 - Cruzeiro 1 x 1 Guarani (Farião, Divinópolis)
25/11 - Cruzeiro 0 x 0 Uberaba (Uberabão)
28/11 - Cruzeiro 1 x 3 América (Mineirão)
01/12 - Cruzeiro 3 x 0 Uberlândia  (Mineirão)
05/12 - Cruzeiro 1 x 2 C.a.m. (Mineirão)
Classificação Final: 1º C.a.m. (campeão), 2º Cruzeiro, 3º America, 4º Uberaba, 5º Uberlândia, 6º Villa Nova, 7º Guarani, 8º Democrata-GV, 9º Democrata-SL, 10º Caldense, 11º Valerio. Rebaixado: 12º Tupi
*Cam e Cruzeiro classificados para o Campeonato Brasileiro de 1983; America e Uberaba classificados para o módulo Taça de Prata do Campeonato Brasileiro de 1983
Artilheiro Máximo: Tostão (Cruzeiro) com 17 gols

Critérios de participação:
Os 11 primeiros colocados do Estadual de 1981 mais o Democrata, de Sete Lagoas (campeão da divisão de acesso de 1981) que substituiu a Esportiva Guaxupé (último colocado do Campeonato de 1981) que foi rebaixada.

Sistema de disputa:
Duas fases: na primeira, os 12 participantes se enfrentaram em turno e returno. A fase final foi disputada pelas 8 melhores equipes da primeira fase em turno e returno. O vencedor da 1ª fase levou um ponto extra para a fase final e recebeu a Taça Minas Gerais. Os pontos conquistados na 1ª fase não contaram para a Fase Final. O vencedor da Fase Final foi o “Campeão Mineiro”. O campeão e o vice garantiram a participação no Campeonato Brasileiro de 1983.

Torneio de Descenso:
As quatro equipes eliminadas da 1ª Fase disputaram um torneio em turno e returno. O vencedor permaneceu na 1a Divisão. O segundo colocado se qualificou para disputar uma vaga para o Campeonato Mineiro de 1983 contra o vice-campeão da 2a Divisão de 1982. Os dois último colocados foram rebaixados para a 2a Divisão de 1983.

Critérios de desempate
Para as equipes com o mesmo número de pontos ganhos os critérios de desempate são pela ordem: 1-maior número de vitórias (Fase Final), 2-maior saldo de gols (Fase Final), 3-maior número de pontos ganhos somadas as duas fases, 4-maior número de vitórias nas duas fases, 5-maior saldo de gols nas duas fases, 6-sorteio.

Sistema 4-3-3:
Luiz Antônio, Celso Roberto (Chiquito), Zezinho Figueroa, Ozires e Luiz Cosme; Douglas, Eudes (Eduardo) e Tostão; Carlinhos, Mauro e Jésum. Técnico: Yustrich

Quem jogou:
Ozires 36
Luiz Cosme 34
Mauro 33
Tostão, Zezinho Figueroa 32
Douglas, Eudes 28
Luiz Antônio 26
Celso Roberto 24
Jesum 23
Carlinhos 22
Eduardo 19
Chiquito 18
Edu Lima 14
Geraldo 12
Gomes, Ricardo 11
Édson, Sávio 9
Paulinho 8
Luiz Carlos Oliveira 7
Ivan 5
Fernando Macaé 4
Marcos, Rubens 2
Abel, Bocaiúva, Eugênio, Gilmar 1

Quem marcou gols:
Tostão 17
Eudes 7
Sávio 5
Mauro 4
Celso Roberto 2
Abel, Carlinhos, Édson, Eduardo, Luiz Carlos Oliveira, Paulinho, Zezinho Figueroa 1
Gols contra: Gilvan (Uberaba) e Simão (Tupi)

Salvo pelo ponto extra
O Cruzeiro terminou a fase final com 16 pontos - mesma pontuação de Uberaba, America e Uberlândia. No entanto, graças a primeira colocação da primeira fase, recebeu um ponto extra para a fase final. Este pontinho lhe garantiu a segunda colocação e a segunda vaga para o módulo principal do Campeonato Brasileiro de 1983. Se não fosse o ponto extra, teria terminado na 5a colocação, pois teve uma vitória a menos que Uberaba, America e Uberlândia na fase final e, assim, teria perdido a vaga para o Campeonato Brasileiro para o Uberaba.
Postar um comentário