terça-feira, 5 de julho de 2016

JULIO BAPTISTA

Carlos Henrique

01/10/1981 Júlio César Clemente Baptista nasce em São Paulo, SP.

25/06/2010 Como atleta da Roma estreia no Mundial no empate (0 a 0) contra Portugal, em Durban, na África do Sul. Foi o único dos 5 jogos da Seleção Brasileira na campanha da Copa do mundo de 2010 que Julio Baptista participou.

23/07/2013 O meia-atacante de 31 anos é anunciado como reforço do Cruzeiro para a disputa do Campeonato Brasileiro. Ele veio substituir Diego Souza, que havia sido negociado ao Metalist, da Russia. Julio estava no Málaga, da Espanha, desde janeiro de 2011, e ajudou a equipe a escapar do rebaixamento. No entanto, ficou 16 meses afastado por conta de duas cirurgias no pé direito. Havia retornado aos campos, em 3 de fevereiro. Sua volta aos gramados chegou a ser posta em dúvida.

26/07/2013 Desembarca no aeroporto de confins com muita festa dos torcedores. Na sede do Barro Preto, o jogador assina contrato de dois anos. O jogador custará mensalmente R$1 milhão aos cofres do clube, entre salários (quase R$ 400 mil) e uma dívida do jogador (luvas) com o Málaga, que o Cruzeiro assumiu.

28/07/2013 É apresentado oficialmente a torcida cruzeirense, no Mineirão, no clássico contra o Atlético, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador chegou ao gramado dentro de um carro forte com a inscrição “Patrimônio do Sócio do Futebol”. O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares explicou: “o Julio é uma joia rara”. Julio Baptista completou: “o sócio do Cruzeiro ajudou para que estivesse aqui e o Cruzeiro retribuiu".

21/08/2013 Estreia na vitória (2 a 1) sobre o Flamengo, pela Copa do Brasil. O meia entra na vaga do atacante Willian aos 66 minutos. O jogador ainda não estava em suas melhores condições físicas e, por isso, só estreou três semanas após sua chegada ao clube.

01/09/2013 Marca o primeiro gol com a camisa do Cruzeiro. Foi o terceiro da vitória (5 a 3) sobre o Vasco, em cobrança de falta, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Este também foi o primeiro jogo que começou como titular.

13/11/2013 Conquista o primeiro título pelo Cruzeiro. Com a vitória (3 a 1) sobre o Vitória, no Barradão, Júlio Baptista sagra-se campeão brasileiro. Ele marcou o segundo gol, aos 70 minutos, quando o placar estava em 1 a 1. Praticamente marcou o gol do título.

23/11/2013 Envolve-se numa polêmica na derrota (2 a 1) para o Vasco, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Quando o time estrelado perdia (2 a 0), Júlio teria dito ao zagueiro Cris, do Vasco: “faz logo outro gol, porra!”. Pelo fato do Vasco estar ameaçado de rebaixamento, muitos entenderam que o Cruzeiro estava entregando o jogo, para beneficiar o time carioca.

25/11/2013 Julio Baptista divulga uma carta de desabafo sobre o lance contra o Vasco. “Pesquisem meu passado. Nunca estive envolvido em nenhuma polêmica que pudesse ferir o meu caráter. O Cruzeiro perdia (2 a 0) e, aos 4 minutos, do segundo tempo, em um escanteio, o Cris me provoca e diz para eu “amaciar”. Falei duro com ele para ir lá e fazer um gol”. O Cruzeiro, não levou nenhum gol no segundo tempo. Na verdade fizemos dois gols, sendo um anulado. Por isso, não faz sentido o que estão dizendo! Quero contar com o apoio de vocês para superar com a devida honra uma tamanha injustiça!”

22/02/2014 O meiocampista se lesiona no joelho direito na vitória (3 a 1) sobre o Boa, em Varginha, pelo Campeonato Mineiro.

16/03/2014 Retorna contra a Tombense e marca o primeiro gol da vitória (3 a 0), em Tombos. Foi o primeiro gol dele no Campeonato Mineiro.

13/04/2014 Conquista o segundo título pelo Cruzeiro. Com o empate (0 a 0) contra o Atletico, no Mineirão, Júlio Baptista sagra-se campeão mineiro. O primeiro jogo, em 6 de abril, no Independência, também terminou empatado (0 a 0). O Cruzeiro jogou com a vantagem dos resultados iguais na final por ter feito a melhor campanha na 1ª fase.

14/05/2014 Com o empate (1 a 1) contra o San Lorenzo, no Mineirão, o Cruzeiro é eliminado da Libertadores e Júlio Baptista perde a titularidade.

22/07/2014 O jogador deixa o treino reclamando de dores na panturrilha esquerda. Um exame de imagens confirma a lesão

21/08/2014 Após quatro meses, começa um jogo como titular, na vitória (1 a 0) sobre o Gremio, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

07/09/2014 Marca seu último gol com a camisa do Cruzeiro. No empate (3 a 3) contra o Fluminense, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, ele os dois primeiros gols cruzeirenses no jogo: aos 11 minutos, em cobrança de pênalti e, aos 44 minutos.

17/09/2014 Sai no intervalo do jogo contra o Atlético-PR, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, com uma lesão muscular na coxa esquerda.

02/11/2014 Retorna na vitória (2 a 1) sobre o Botafogo, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro

20/11/2014 A vitória (2 a 1) sobre o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro, foi o último jogo em que Julio Baptista começou como titular. Foram 28 jogos e, entre todos estes, a única derrota foi para o San Lorenzo, em Buenos Aires, pela Libertadores, em 7 de maio de 2014.

23/11/2014 Conquista o terceiro título pelo Cruzeiro. Com a vitória (2 a 1) sobre o Goiás, no Mineirão, Julio Baptista sagra-se campeão brasileiro de 2014. Não participou do jogo decisivo.

20/02/2015 Após uma consulta, em São Paulo, com o médico Rene Abdalla, o jogador decide embarcar para Barcelona, na Espanha, para se submeter a uma cirurgia no joelho direito, com o médico Ramon Cugar. O atacante fica afastado 7 meses dos gramados.

22/07/2015 A diretoria cruzeirense prorroga o contrato de Julio Baptista, até dezembro. Seu vínculo encerraria em 31 de julho. Um contrato por produtividade é assinado e Julio concorda em reduzir seu salário nos dois primeiros meses, até estar em plenitude técnica. O Cruzeiro teria de ficar com ele até o fim da recuperação por causa da legislação esportiva.

08/09/2015 Recuperado da cirurgia o jogador é liberado pelo departamento médico e participa de um treino com bola com os reservas na Toca da Raposa.

26/09/2015 Foi relacionado para o jogo contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. Entrou no segundo tempo da vitória (2 a 0). Teve um edema na coxa direita e precisou de um mês para se recuperar

31/10/2015 Faz seu último jogo com a camisa cruzeirense no empate (1 a 1), contra o Avaí, em Florianópolis, pelo Campeonato Brasileiro. Entrou aos 67 minutos. Reclamou de dores na coxa direita, após o jogo.

03/11/2015 O médico do Cruzeiro, Sérgio Freire Júnior, confirma a terceira lesão de Julio Baptista na temporada e culpa o estado encharcado do campo no Avaí, após a chuva. Júlio esteve em campo em apenas três jogos oficiais em 2015. Em nenhum deles, permaneceu em campo por mais de 45 minutos.

23/11/2015 O jogador fatura R$ 40 mil em três torneios de poker pela internet. Com o nick @julio.B19@ ele conquistou uma primeira colocação no $109Turbo, um 3º lugar no $215Turbo e outro 3º lugar no TheHot44.

03/12/2015 Júlio Baptista deixa o Cruzeiro, após encerrar o seu vínculo contratual. Foi homenageado na Toca da Raposa II. Ao todo disputou 56 jogos e marcou 16 gols.

*Série: Jogadores do Mundial que Jogaram pelo Cruzeiro
Postar um comentário