quarta-feira, 22 de março de 2017

Campeonato Mineiro 1999

O atacante Marcelo Ramos disputou todos os jogos do Cruzeiro no Estadual de 1999 e foi o artilheiro do time com 5 gols.

Carlos Henrique

Primeira Fase
Classificação: 1o URT; 2o Democrata; 3o Caldense; 4o Valério; 5o Ipiranga*; 6o Rio Branco*; 7o Guarani*; 8o Social*
*eliminados

Segunda Fase
Turno
17/04 - Cruzeiro 1 x 0 Valério (Mineirão)
21/04 - Cruzeiro 4 x 0 Democrata (Mineirão)
24/04 - Cruzeiro 2 x 2 Caldense (Ronaldão, Poços de Caldas)
01/05 - Cruzeiro 0 x 0 Villa Nova (Bonfim, Nova Lima)
09/05 - Cruzeiro 0 x 0 América (Mineirão)
16/05 - Cruzeiro 1 x 1 Atlético (Mineirão)
19/05 - Cruzeiro 1 x 0 URT (Mineirão)
Returno
23/05 - Cruzeiro 4 x 1 URT (Mangueirão, Patos de Minas)
29/05 - Cruzeiro 2 x 2 Villa Nova (Mineirão)
03/06 - Cruzeiro 1 x 0 Valério (Israel Pinheiro, Itabira)
06/06 - Cruzeiro 3 x 0 Caldense (Mineirão)
10/06 - Cruzeiro 4 x 1 Democrata (Mamudão, Gov. Valadares)
13/06 - Cruzeiro 1 x 1 América (Mineirão)
20/06 - Cruzeiro 0 x 2 Atlético (Mineirão)
Classificação Final: 1o Atlético (campeão); 2o América; 3o Cruzeiro; 4o Villa Nova; 5o Democrata-GV; 6o Caldense; 7o URT***; 8o Valerio; 9o Ipiranga; 10o Rio Branco; 11o Guarani**; 12o Social**
***classificado para a Copa do Brasil 2000
**Rebaixados para o módulo II
Artilheiro Máximo: Ditinho (URT) com 12 gols

Sistema 4-4-2:
Ronaldo, Evanilson, João Carlos, Marcelo Djian e André Luiz; Donizete, Djair, Ricardinho, Valdo; Marcelo Ramos (Alex Alves), Muller (Paulo Isidoro). Treinador: Levir Culpi

Quem jogou
Jogos
Atletas
14
Marcelo Ramos
13
-
André Luiz, Donizete, João Carlos, Marcelo Djian, Paulo Isidoro
12
Evanilson, Valdo
11
Djair, Muller, Ricardinho
9
Alex Alves
8
Ronaldo
6
Geovanni, Túlio
5
Marcos Paulo
3
Espínola, Gustavo, Maizena, Rodrigo Posso
2
Donizete Amorim, Feijão, Tércio

Quem marcou gols
Gols
Atleta
5
Marcelo Ramos
4
Túlio e Valdo
3
Paulo Isidoro
2
Alex Alves, Djair
1
André Luiz, Geovanni, Muller, Ricardinho

Critérios de Participação
O Campeonato de 1999 foi disputado pelos 10 primeiros colocados do Campeonato de 1998, mais Rio Branco e URT, campeão e vice do Módulo II de 1998.

Sistema de disputa
Divido em três fases. A primeira fase foi disputada por 8 equipes e a primeira colocada se classificou para a Copa do Brasil de 2000, além de receber a Taça Minas Gerais. As equipes se enfrentaram em turno e returno e as quatro primeiras colocadas avançaram para a próxima fase.
Cruzeiro, Atlético, América e Villa Nova que foram os quatro primeiros colocados, pela ordem, no Campeonato Mineiro de 1998, disputaram o Estadual de 1999 a partir da segunda fase.
Na segunda fase, as 8 equipes iniciaram a disputa com os pontos zerados e se enfrentaram em turno e returno. As duas melhores colocadas se classificaram para a final.
A final foi decidida numa série de três partidas. A equipe de melhor campanha na segunda fase iniciou a disputa da final com um ponto extra, além da vantagem do mando de campo no segundo e, se necessário, no terceiro jogo.
As quatro equipes eliminadas da primeira fase disputaram um quadrangular em turno e returno para definir as duas equipes rebaixadas para o Módulo II.

Patrocínio
A marca de cerveja Kaiser comprou 700 mil ingressos do Campeonato Mineiro, que foram distribuídos gratuitamente aos torcedores. Este número quase correspondia a média de público das últimas edições do Estadual, que não chegava a 500 mil ingressos. O contrato rendeu R$ 1,55 milhão a Federação Mineira. Os ingressos de arquibancada e geral foram adquiridos pelo patrocinador pelo preço médio de R$ 2,21. A parceira foi válida apenas para os jogos da segunda fase. Para os clássicos entre Atlético e Cruzeiro foram distribuídos 10 mil ingressos.

Fora da Final pela primeira vez
Foi o primeiro estadual da era Mineirão (a partir de 1965) que o Cruzeiro ficou fora da disputa de uma fase final prevista no regulamento.

Postar um comentário