domingo, 26 de março de 2017

Campeonato Mineiro 2000

Carlos Henrique

PRIMEIRA FASE
Classificação: 1o URT; 2o Ipatinga; 3o Democrata; 4o Rio Branco; *5o Uberlândia; *6o Caldense; *7o Ipiranga; *8o Valério
*eliminados

SEGUNDA FASE
Turno
19/03 - Cruzeiro 1 x 0 Ipatinga (Lamegão, Ipatinga)
25/03 - Cruzeiro 2 x 0 URT (Horto)
29/03 - Cruzeiro 1 x 1 Rio Branco (Parque do Azulão, Andradas)
01/04 - Cruzeiro 1 x 1 América (Mineirão)
09/04 - Cruzeiro 1 x 1 Villa Nova (Mineirão)
16/04 - Cruzeiro 2 x 1 Democrata (Mineirão)
23/04 - Cruzeiro 2 x 4 Atlético (Mineirão)
Returno
29/04 - Cruzeiro 2 x 0 Ipatinga (Horto)
07/05 - Cruzeiro 4 x 1 Democrata (Mamudão, Gov. Valadares)
10/05 - Cruzeiro 2 x 0 Rio Branco (Mineirão)
13/05 - Cruzeiro 1 x 0 América (Mineirão)
17/05 - Cruzeiro 1 x 1 Villa Nova (Bonfim, Nova Lima)
21/05 - Cruzeiro 4 x 0 URT (Mangueirão, Patos de Minas)
27/05 - Cruzeiro 2 x 0 Atlético (Mineirão)
Decisão
03/06 - Cruzeiro 1 x 2 Atlético (Mineirão)
08/06 - Cruzeiro 1 x 1 Atlético (Mineirão)
Classificação Final: 1o Atlético (Campeão); 2o Cruzeiro; 3o América; 4o Ipatinga; 5o Villa Nova; 6o Rio Branco; 7o URT*; 8o Democrata; 9o Uberlândia; 10o Caldense; 11o Ipiranga**; 12o Valério**
*classificado para a Copa do Brasil 2001
**rebaixados
Artilheiro Máximo: Joãozinho (Ipatinga) com 15 gols

Critérios de Participação:
O Campeonato de 2000 foi disputado pelos 10 primeiros colocados do Campeonato de 1999, mais o Uberlândia e o Ipatinga, campeões e vice do Módulo II de 1999, respectivamente.

Sistema de disputa
Divido em três fases. A primeira fase foi disputada por 8 equipes que se enfrentaram em turno e returno. As quatro primeiras colocadas avançaram para a próxima fase. A primeira colocada desta fase se classificou, automaticamente, para a Copa do Brasil de 2001, e recebeu a Taça Minas Gerais. Os dois últimos colocados da primeira fase foram rebaixados para o Módulo II.
Cruzeiro, Atlético, América e Villa Nova que foram os quatro primeiros colocados, pela ordem, no Campeonato Mineiro de 1999, disputaram o Estadual de 2000 a partir da segunda fase.
Na segunda fase, as 8 equipes iniciaram a disputa com os pontos zerados e se enfrentaram em turno e returno. As duas melhores colocadas se classificaram para a final.
A final foi decidida numa série de três partidas. A equipe de melhor campanha na segunda fase iniciou a final com um ponto extra, além da vantagem do mando de campo no segundo jogo e, se necessário, no terceiro jogo.
As quatro equipes eliminadas da primeira fase disputaram um quadrangular em turno e returno para definir as duas equipes rebaixadas para o Módulo II.

Sistema 4-4-2:
André, Zé Maria, Cris (Alexandre), Marcelo Djian (Cléber), Sorín (Rodrigo); Donizete (Marcos Paulo), Ricardinho (Viveros), Jackson, Muller; Geovanni, Fábio Júnior (Oséas). Treinadores: Paulo Autuori (7); Marco Aurélio (9)

Quem jogou
Jogos
Atletas
16
André
14
Fábio Júnior, Geovanni, Jackson
13
Donizete, Ricardinho
12
Muller, Oséas, Zé Maria
11
Cris
10
Marcelo Djian, Marcos Paulo, Viveros
9
Sorín
8
Alexandre, Cléber, Rodrigo
7
Paulo Isidoro
4
Cléber Monteiro, Zé Roberto
3
Alonso, Leandro
2
Wendel
1
Alê, Cristian, Fernandinho, Glayssinho

Quem marcou gols
Gols
Atletas
5
Ricardinho
4
Fábio Júnior, Muller
3
Geovanni, Oséas, Zé Roberto
2
Jackson, Paulo Isidoro
1
Cris, Viveros

Postar um comentário