sábado, 25 de março de 2017

Nos clássicos disputados no aniversário do Galo, o Cruzeiro foi o dono da festa

O atacante Palhinha, no canto esquerdo da foto, marcou dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o aniversariante Atlético, em 25 de março de 1973,

Carlos Henrique

O clássico entre Cruzeiro e Atlético foi disputado por três vezes na data de aniversário do rival, em 25 de março. E o Cruzeiro deu três vitórias de presente para a torcida cruzeirense e votos de felicidade aos atleticanos.

Em 25 de março de 1954, o Galo completava 46 anos de existência. O clássico foi em sua própria casa, o estádio de Lourdes. Como de costume os convidados se divertiram mais que o aniversariante na festa. Cruzeiro 1 a 0.

CRUZEIRO 1 x 0 ATLÉTICO
25/03/1954 (Qui-21h) - amistoso – Lourdes (Belo Horizonte, MG)
Renda: Cr$ 30.000,
Árbitro: Elmo Sanches
Gol: Áureo 37’
Cruzeiro: Bernard, Tião e Bené (Avelino); Adelino, Lazzarotti e Pampolini; Torres, Guerino, Áureo, Ipojucan e Sabú. T: Niginho
Atlético: Sinval, Geraldino e Osvaldo; Cléver, Monte e Haroldo; Joãosinho, Gastão, Múcio, Tomazinho (Ubaldo) e Amorim (Lucas). T: Martim Francisco

A segunda vez que o clássico foi disputado no aniversário do Galo - 54 anos - novamente, foi a torcida cruzeirense quem comemorou. A vitória de 2 a 0 sobre o aniversariante deixou o convidado há um empate do bicampeonato mineiro. A data foi alvinegra, mas a festa foi azul e branca.

CRUZEIRO 2 x 0 ATLÉTICO
25/03/1962 (Dom-16h) - Campeonato Mineiro de 1961 - Horto
Ingressos: 20.968 (Cr$ 3.010.170,)
Arbitragem: Elmo Sanches (Francisco Graça Filho e Cidinho Bola Nossa)
Gols: Elmo 15 segs., Orlando 75’
Cruzeiro: Mussula, Vavá e Benito; Massinha, Amauri e Geraldino; Antoninho, Elmo (Emerson/32’), Paulo, Rossi e Orlando. T: Geninho
Atlético: Fábio, William e Klébis; Marcelino, Luiz Santos e Dawson; Maurício (Nilson/36’), Eduardo, Fuzil, Afonsinho e Noêmio. T: Lucas Miranda

Na terceira vez, o time de Lourdes completava 65 anos. E os cruzeirenses, desta vez, prepararam um presente com a excelência cinco estrelas: um verdadeiro show de bola. Foi de três e poderia ter sido mais. Uma lembrança muito merecida!

CRUZEIRO 3 x 1 ATLÉTICO
25/03/1973 - Taça Minas Gerais (Decisão) - Mineirão
Ingressos: 65.756 (Cr$ 366.694,)
Arbitragem: Sílvio Gonçalves (José Alberto Teixeira e Jarbas Castro Pedra)
Gols: Roberto Batata 5’; Palhinha 40’; Palhinha 65’; Rodrigues (pênalti) 87’
Cruzeiro: Hélio, Nelinho, Darci (Miro), Piazza e Vanderlei; Dirceu Alves, Toninho e Roberto Batata (Baiano); Palhinha, Dirceu Lopes e Lima. T: Ílton Chaves.
Atlético: Mussula, Aranha, Raul Fernandes, Normandes e Cláudio Mineiro; Danival, Spencer (Reinaldo) e Paulinho; Campos, Bibi, Rodrigues. T: Paulo Benigno.
Postar um comentário