domingo, 9 de abril de 2017

Campeonato Mineiro 2004

O time cruzeirense campeão mineiro de 2004: Antônio Carlos Mello (preparador físico), Artur, Maurinho, Lima, Edu Dracena, Maicon, Cris, Marcelo Batatais e Gomes; Agachados: Jussiê, Leandro, Márcio, Sandro, Wendel, Schwenck, Guilherme, Recife, Jardel e Alex

Carlos Henrique

Primeira Fase
24/01 - Cruzeiro 0 x 1 Valério (Mineirão)
28/01 - Cruzeiro 0 x 1 Caldense (Ronaldão, Poços de Caldas)
01/02 - Cruzeiro 5 x 2 Guarani (Farião, Divinópolis)
07/02 - Cruzeiro 2 x 2 América (Mineirão)
14/02 - Cruzeiro 5 x 0 Rio Branco (Mineirão)
21/02 - Cruzeiro 7 x 1 Mamoré (Waldomiro Pereira, Patos de Minas)
25/02 - Cruzeiro 0 x 0 Uberaba (Mineirão)
29/02 - Cruzeiro 3 x 5 Atlético (Mineirão)
03/03 - Cruzeiro 3 x 0 Social (Lamegão, Ipatinga)
06/03 - Cruzeiro 4 x 0 Villa Nova (Mineirão)
13/03 - Cruzeiro 2 x 0 URT (Mineirão)
21/03 - Cruzeiro 2 x 1 Tupi (Municipal, Juiz de Fora)
28/03 - Cruzeiro 2 x 0 Ipatinga (Mineirão)
Classificação: 1º Atlético*; 2º América*; 3º Cruzeiro*; 4º Caldense*; 5º Villa Nova; 6º Guarani; 7º Ipatinga; 8º URT; 9º Valério; 10º Mamoré; 11º Social; 12º Uberaba; 13º Tupi; 14º Rio Branco
*classificados

Semifinal
01/04 - Cruzeiro 2 x 1 América (Mineirão)
04/04 - Cruzeiro 4 x 1 América (Mineirão)

Final
11/04 - Cruzeiro 3 x 1 Atlético (Mineirão)
18/04 - Cruzeiro 0 x 1 Atlético (Mineirão)
Classificação Final: 1º Cruzeiro (Campeão); 2º Atlético; 3º América; 4º Caldense; 5º Villa Nova; 6º Guarani; 7º Ipatinga; 8º URT; 9º Valério; 10º Mamoré; *11º Social; *12º Uberaba; *13º Tupi; *14º Rio Branco
*rebaixados

Sistema de disputa:
Dividido em três fases: Na primeira as equipes se enfrentaram em turno único e os quatro primeiros colocados se classificaram para a semifinal. Os quatro últimos foram rebaixados para o Módulo II; Na fase semifinal as equipes foram divididas em duas chaves, com duas cada, na seguinte ordem de classificação da 1ª fase: 1º x 4º e o 2º x 3º. As equipes iniciaram esta fase com os pontos zerados. O primeiro e o segundo colocado da Primeira fase disputaram os confrontos com a vantagem de dois resultados iguais com o mesmo saldo de gols. As equipes se enfrentaram em duas rodadas; A final foi disputada em duas rodadas. O finalista que somou o maior número de pontos em todas as fases disputou a decisão com a vantagem de dois resultados iguais com o mesmo saldo de gols.

Critérios de Participação:
Disputado pelos 12 primeiros colocados do Campeonato Mineiro de 2003, mais o Uberaba e o Valério, campeão e vice, respectivamente, do módulo II de 2003.

Sistema 4-4-2:
Gomes, Maurinho (Maicon), Cris (Marcelo Batatais), Edu Dracena e Leandro (Sandro); Recife, Maldonado (Martinez), Wendel e Alex; Jussiê (Schwenck) e Lima (Guilherme). Treinadores: Paulo César Gusmão (10); Vanderlei Luxemburgo (7)

Quem jogou
Jogos
Atleta
16
Alex
14
Cris, Gomes, Jussiê, Recife
13
Leandro, Maldonado, Wendel
12
Edu Dracena
11
Lima, Maurinho, Sandro
10
Guilherme, Maicon, Martinez
9
Schwenck
8
Marcelo Batatais
7
Felipe Melo, Márcio, Rivaldo
4
Bruno Quadros, Jardel
3
Artur
2
Alex Dias

Quem marcou gols
Gols
Atleta
14
Alex
8
Guilherme
7
Jussiê
3
Wendel
2
Cris, Lima, Maurinho, Rivaldo, Schwenck
1
Leandro

Revertendo as vantagens do América e do Galo
Os jogos do Campeonato Mineiro foram disputados, simultaneamente, com os da primeira fase da Taça Libertadores. Com o foco na disputa internacional, o Cruzeiro não realizou boa campanha na primeira fase do Estadual e se garantiu na semifinal com a conquista da terceira posição. Assim, teve que reverter a vantagem de dois resultados iguais do América, que foi o segundo colocado da primeira fase. Na final, reverteu a vantagem do Galo, que teve a melhor campanha em todo o Campeonato, logo no primeiro jogo, com uma vitória por 3 a 1. No segundo jogo, administrou a vantagem, perdeu por 1 a 0, mas garantiu o título estadual.

Tricampeão mais uma vez
Com os títulos dos Campeonatos de 2002/03/04, o Cruzeiro conquistou pela 7a vez um tricampeonato consecutivo em sua história. Os anteriores haviam sido em 1928/29/30; 1943/44/45; 1959/60/61; 1965/66/67, 1972/73/74 e 1996/97/98.

Placar das decisões: Cruzeiro 8 x 5 Galo
Foi a 8a decisão de Campeonato conquistada pelo Cruzeiro numa decisão direta contra o Galo em 13 disputadas. O Cruzeiro venceu as finais de 1940, 1967, 1972, 1977, 1987, 1990, 1998 e 2004 e o Galo as de 1954, 1963, 1976, 1985 e 2000.
Postar um comentário